Вы находитесь на странице: 1из 12

Evangelizar é partilhar o evangelho e levar

outros a aceitarem Jesus como seu Salvador


pessoal, aceitá-Lo como seu Senhor que logo
virá; unir sua vida à da Sua igreja.
• Reavivamento

• Estudo da Bíblia

• Oração

• Testemunho

• Equipar e Treinar
AÇÃO MISSIONÁRIA NA COMUNIDADE

As igrejas crescem quando há um processo


planejado de ação missionária na comunidade
para satisfazer as necessidades físicas, mentais,
sociais e espirituais do povo.

Colheita
“A igreja é o instrumento apontado por Deus
para a salvação dos homens. Foi organizada para
servir, e sua missão é levar o evangelho ao
mundo.” (Atos dos Apóstolos, p. 9)
Acompanhamento e Fortalecimento.
As igrejas crescem quando os novos conversos
são fortalecidos e ensinados a testemunhar.

Estes são alguns princípios que ancoram os


novos crentes na fé:

•Vida devocional significativa.


•Ser equipado para servir.
•Envolvimento no ministério aos outros.
•Partilhar a Palavra de Deus com os outros.
•Desenvolver uma rede de amizades na igreja.
MÉTODO DE JESUS
Envolve o Discipulado

“Somente o método de Cristo terá verdadeiro


sucesso no alcançar as pessoas. O Salvador
misturou-se com os homens como alguém que
desejava o seu bem. Demonstrou Sua simpatia
por eles, satisfez suas necessidades, e
conquistou sua confiança. Então convidou:
Segue-me.” Ellen G. White CBV 143
ESTÁGIO PROPÓSITO / PRINCÍPIO
1. “Venha e - Despertar o interesse do futuro
veja” – João
1:38-39 discípulo.
- Chamar a atenção da pessoa para
a vida cristã (adventista).
2. “Venha e - Ajudar/ensinar o discípulo para
siga-me” –
Marcos 1:17 viver o cristianismo autêntico:
seguidor de Jesus.
- Batismo da pessoa.
3. “Venha e - Ensinar o discípulos a partilhar o
fique Comigo” –
Marcos 3:13-14; cristianismo com outros.
Mateus 9:37-38 - Possibilitar que a pessoa
desenvolva seus dons.
4. “Venha e - Colocar o discípulo para discipular
permaneça em
Mim” – João outros.
15:5-7. - Que a pessoa faça com outros o
processo feito com ela.
Vida devocional pessoal.
Envolvê-los nos grupos de estudo da Bíblia
em casa ou na igreja.

Visita nos lares.


A visitação é vital para os novos crentes se
sentirem em casa na igreja.

Adaptação ao estilo de vida adventista do


sétimo dia. Ajude-os a compreenderem as
diretrizes quanto à benevolência sistemática
e os seminários de dons espirituais.
DOCUMENTO SOBRE O ESTILO DE VIDA
ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA

Introdução

A Igreja Adventista do Sétimo Dia, reconhecendo a


necessidade de verdadeiro reavivamento e
reforma, crê que todo cristão é chamado a um alto
padrão de vida e conduta, a um estilo de vida que
glorifique a Deus e que evidencie publicamente a
fé e o compromisso que ele tem com Cristo Jesus.
Dois ensinos bíblicos fundamentam a importância
do estilo de vida para o cristão adventista: 1) a
restauração da imagem de Deus no ser humano; e
2) a missão profética específica da Igreja
Adventista no final dos tempos.
Com o propósito de aconselhar e incentivar seus
membros a crescerem na fé, a aprofundar sua
experiência com Deus e a avançar no
cumprimento da missão evangélica, faz as
seguintes recomendações:

1. Vida de santificação. O cristão é chamado a


consagrar a Deus todos os aspectos de sua
vida.

2. Crescimento espiritual. A santificação implica


um contínuo processo de crescimento
espiritual pela graça de Deus em Jesus,
através da comunhão pessoal com Ele pelo
estudo da Bíblia, pela prática da oração e
pelo testemunho pessoal.
3. Pureza moral. O cristão deve evitar e rejeitar
tudo que possa poluir sua mente e sua vida,
levando-o a pecar.

4. Recreação e mídia. Seguindo o princípio da


pureza moral, o cristão deve evitar livros e
revistas, programas de rádio, televisão, internet
ou qualquer outro tipo de mídia, jogos ou
equipamentos modernos cujo conteúdo possa
poluir sua mente e coração.

5. Vestuário. O vestuário cristão é claramente


orientado nas Escrituras pelo princípio da
modéstia e da beleza interior que implicam
bom gosto com decoro.
6. Joias e ornamentos. Em 1 Timóteo 2:9 e 1
Pedro 3:3, deixam bem claro que o cristão deve
abster-se do uso de joias e de outros
ornamentos, como bijuterias e piercing, e não
fazer tatuagens (Lv 19:28).

7. Sexualidade humana. A Bíblia deixa claro que


a sexualidade deve ser exercida com respeito,
fidelidade, amor e consideração pelas
necessidades do cônjuge .

8. Saúde. O cuidado do corpo e da saúde faz


parte da restauração da imagem de Deus no
homem: “Deus deseja que alcancemos a norma
de perfeição que o dom de Cristo nos tornou
possível.”