Вы находитесь на странице: 1из 1

Esquema verbo-nominal do Tupi Antigo

Os verbos em tupi antigo podem ser apresentados com duas formas distintas:
A Forma verbal, quando apresentam prefixos número-pessoais; e a Forma Nominal quando não os apresentam.

FORMA VERBAL
Modo Indicativo Imperativo Permissivo Gerúndio dos verbos intransitivos
Verbos de 1ª Classe Verbos de 2ª Classe* (E- / Pe)-verbo(!) T’- / Ta- (!) Podem expressar:
Finalidade, simultaneidade, adição, e causa
a- xe E-î-kutuk! T’a-
(Fure-o) gûi/ûi-
ere- nde T’ere-
e-
o- i T’o-
Pe-îké! verbo o- verbo-(a)bo
oro- Obj.-verbo oré Verbo* T’oro-
(Entrem vocês) oro-
îa- îandé T’îa-
Irregulares îa-
pe- pe Ta pe-
E-îori! (vem!) pe-
o- i T’o-
E-kûãî!/ E-kûá o-
a-î-kutuk (mato-o) xe ma’enduar T’o-î-kutuk
(Sou lembrante/ (Entre!) (que matem-no)
Ûi-gûatábo
Tenho lembrança/ (caminhando eu; para eu caminhar)
Forma negativa
Lembro-me)
(Na/nda/n) - verbo –i Forma negativa Forma negativa Forma negativa (com e’ym)
N’a-î-kutuki (Na/nda) pronome (E- / Pe) - verbo (Ta- / T) - verbo Ûi-gûatá-be’yma
Verbo* -i umẽ (!) umẽ (!) ( para eu não caminhar)
Uso raro (enfático) Na xe ma’enduari
Substitui (i) por e’yma (Não me lembro) E-îori umẽ! Ta pe-ker umẽ!
(Não venha!) (Que não durmam!)
Para indicar futuro acrescenta-se ao final da
oração o sufixo -ne.
A-só-ne. (vou hoje.)
Forma negativa: nda (verbo)-i xué-ne.

FORMA NOMINAL
O tempo na língua Tupi é expresso na forma nominal através de sufixos.
Para expressar estado ou ação passada utiliza-se o sufixo – Para expressar estado ou ação futura utiliza-se o sufixo –
(p)ûer(a) (r)am(a)

Forma substantiva (infinitivo) Gerúndio dos verbos transitivos Modo Indicativo circunstancial
Deve sempre terminar em vogal Podem expressar: Verbos de 1ª Classe
(se necessário acrescentar –a) Finalidade, simultaneidade, adição, e
Refere-se ao que está em torno de um
causa
processo verbal.
Katuk-a (furada/furar)
Se terminar em consoante deve Não se usa em 2ª pessoa (tu/vós)
Negativa (com na ... ruã) acrescentar –a
Se terminar em consoante deve
acrescentar –i
Na abaré ruã ixé. Se terminar nas vogais acrescenta-se:
(não sou o padre) i,u,y + -abo/amo
Se terminar em vogal acrescenta-se:
a, e, o + -bo/mo

Negativa de predicado nominal (2ª classe) ex;. Xe katuka (furando-me)
Na xe porangi Xe gûasemi (eu cheguei)
(não tenho beleza) Predicado nominal (2ª classe)
I pytáû (ficou/ficaram)
-ramo
Oré abá kutuki (nós furamos o homem)
Xe ma’enduaramo (lembrando-se)
Xe katuramo (tendo eu bondade)
Conjugação perifrástica. (Caso com um verbo principal no indicativo, e o verbo auxiliar “estando” em suas 4 formas).
Verbo no indicativo + (gûi/ûi-/e-/o-/oro-/îa-/pe-/o-) -(tekóbo/ estando em movimento) /( Upa/ deitado)/( ína/ quieto)/( ‘ama/ em pé)

Formas nominais criadas com Deverbais


-Ba’e – (o que faz/ o que é) -(s)ab(a)- (qualquer circunstância da ação do verbo)
-(s)ar(a) - (o fazedor) -bor(a) – (agente habitual ex. o fujão)
-Emi – (o feito) sûer(a) – inclinação para realizar o processo verbal. Ex. pedinte
-pyr(a)- (“aquilo” que é o objeto da ação)

Para fazer a negativa em forma nominal acrescenta-se e’ym(a/i)