Вы находитесь на странице: 1из 28

A NEUROPSICOLOGIA E SUAS

APLICAÇÕES: A AVALIAÇÃO E A
REABILITAÇÃO
CLAUDSON SANTANA
PSICÓLOGO (CRP-03/IP12940)
O QUE IREMOS TRABALHAR
1. Introdução à Neuropsicologia: conceitos básicos;
2. Neuropsicologia Clínica e suas nuances
3. Avaliação neuropsicológica e o exame neuropsicológico;
4. Os exames de imagem e a Neuropsicologia;
5. A reabilitação neuropsicológica e suas interfaces.
O QUE É A NEUROPSICOLOGIA
• Estudo das relações entre cérebro e comportamento;
• Definições:
• ... Estudo dos mecanismos neurais que subservem o comportamento
humano (medonça e azambuja, 2014);
• Área específica da psicologia que tem como objetivo investigar o
papel de sistemas cerebrais individuais em formas complexas de
atividades mentais (luria, 1981);
• Ramo da psicologia que estuda a base neurológica dos fenômenos
psicológicos... Do comportamento normal e patológico.
O QUE É A NEUROPSICOLOGIA

“O objetivo teórico da neuropsicologia (...) é ampliar os modelos


já conhecidos e criar novas hipóteses sobre as interações
cérebro-comportamentais” (Resolução 002/2004, CFP)
O QUE É AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA

• “Consiste no método de investigar as funções cognitivas e o


comportamento. Trata-se da aplicação de técnicas de
entrevistas, exames quantitativos e qualitativos das funções
que compõem a cognição abrangendo processos de atenção,
percepção, memória, linguagem e raciocínio” (MÄDER-
JOAQUI, 2010).
OBJETIVOS

• Auxílio Diagnóstico;
• Prognóstico;
• Orientação para o tratamento;
• Auxílio para planejamento da reabilitação;
• Seleção de pacientes para técnicas especiais;
• Perícia.
QUANDO A AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA É
INDICADA?

• Pela própria natureza das patologias e do impacto que elas


podem causar, as condições nas quais ocorreram prejuízos ou
modificações, cognitivas, afetivas e sociais, devidos a eventos que
atingiram primária ou secundariamente o SNC, são as que
demandam NA;
QUANDO A AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA É
INDICADA?
• Traumatismos craniencefálicos (TCEs);
• Tumores cerebrais;
• Epilepsias;
• AVE’s;
• Demências.;
• Distúrbios tóxicos;
• Doenças endócrinas;
• Distúrbios metabólicos;
• Disfunções do desenvolvimento.
ELEMENTOS FUNDAMENTAIS
O paciente:
O Neuropsicólogo: - Entrevista clínica;
- Enfoque em diagnótico; - Nível de desenvolvimento pré-
mórbido
- Controle de variáveis; -Variações regionais e culturais;
- Domínio da técnica - Faixa etária;
- Nível de escolaridade.

Os métodos:
A demanda:
- Quantificação e qualificação das funções - Avaliação quantitativa;
cognitivas; - Avaliação qualitativa;
- Avaliação e reavaliação para
procedimentos médicos; - Testes formais;
- Avaliação para reabilitação; - Exercícios;
- Avaliação para informar incapacidades - Instrumentos Neuropsicológicos
ou condições ocupacionais.
ELEMENTOS FUNDAMENTAIS
• Para se entender a AN, é importante conhecer:
• Psicologia/Psicopatologia/Psicofarmacologia;
• Neurociências;
• Biologia Molecular;
• Genética;
• Neuroimagem;
• Psicologia do Desenvolvimento.
ELEMENTOS FUNDAMENTAIS
• Psicologia do Desenvolvimento:
• Compreensão das especificidades de cada etapa do
desenvolvimento:
• Infância;
• Adolescência;
• Adultez;
• Velhice.
ANAMNESE NEUROPSICOLÓGICA

• Entrevista clínica – o primeiro passo:


• É de extrema importância conhecer a história clínica do avaliando
para que se possa planejar o processo de avaliação, quais
funções neuropsicológicas avaliar e quais instrumentos trabalhar;

• O que levar em consideração na Anamnese?


FUNÇÕES NEUROPSICOLÓGICAS
• Funções Mentais superiores:
• Atenção;
• Percepção;
• Linguagem;
• Memória;
• Aprendizagem;
• Habilidades acadêmicas;
• Processamento da informação;
• Afeto;
• Funções motoras;
• Funções executivas;
• Praxia e visuocontrução.
AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA INFANTIL

• Quais as especificidades da AN com crianças?


• O que avaliar?
• Como avaliar?
• Quais as principais funções neuropsicológicas envolvidas?
• Qual o impacto da aprendizagem nesse processo?
AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA ADULTO/IDOSO

• Quais as especificidades da AN com adultos e idosos?


• O que avaliar?
• Como avaliar?
• Quais as principais funções neuropsicológicas envolvidas?
• Quais tipos de patologias adquiridas?
OS EXAMES DE IMAGEM EM NEUROPSICOLOGIA

• Tomografia Computadorizada: usado como um exame de


mapeamento morfológico econômico, especial para visualizar
calcificação, hemorragia aguda, dano ósseo
OS EXAMES DE IMAGEM EM NEUROPSICOLOGIA

• Ressonância Magnética: recomendado em pacientes com apresentações e evoluções


atípicas de sintomas psiquiátricos, diagnostico diferencial dos quadros demenciais, dano
cerebral traumático, dependência de álcool, transtornos convulsivos, transtornos do
movimento, doenças autoimunes, transtorno de alimentação, catatonia e sintomas
neurológicos normais.
OS EXAMES DE IMAGEM EM NEUROPSICOLOGIA

• Ressonância Magnética Funcional: aplicada em estudos que investigam a localização de


funções cerebrais, fisiopatologia de transtornos neuropsiquiátricos, resposta a
intervenções medicamentosas, psicoterápicas ou de neuromodulação, assim como
determinação de áreas de linguagem no tratamento cirúrgico da epilepsia e de áreas
eloquentes de córtex antes da ressecção de tumores.
OS EXAMES DE IMAGEM EM NEUROPSICOLOGIA
OS EXAMES DE IMAGEM EM NEUROPSICOLOGIA

• Eletroencefalograma (EEG): monitoramento da atividade cerebral. Usada para avaliar


crises convulsivas, delirium, encefalites, intoxicação medicamentosa, encefalopatia
urêmica ou hepática.
OS EXAMES DE IMAGEM EM NEUROPSICOLOGIA
REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA

• “Conjunto de intervenções que objetivam melhorar os problemas cognitivos,


emocionais e sociais decorrentes de uma lesão encefálica, auxiliando a
pessoa a alcançar maior independência e qualidade de vida”
(WILSON, 2003).
REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA
• Condições clínicas para a reabilitação:
• Indivíduos nos quais ocorreram prejuízos ou modificações cognitivas ou
comportamentais devido a eventos que atingiram primária ou
secundariamente o sistema nervoso central;
• Nos quais o potencial adaptativo não é suficiente para o manejo da
vida prática, acadêmica, profissional, familiar ou social, etc.;
• Nos quais foram geradas ou associadas a problemas bioquímicos ou
elétricos do cérebro, decorrendo disto modificações ou prejuízos
cognitivos, comportamentais ou afetivos. (CFP, 2004)
REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA
• Diretrizes da reabilitação neuropsicológica:
• O processo de reabilitação é considerado como uma parceria entre as pessoas com
lesão, suas famílias e profissionais de saúde;
• Planejamento de objetivos;
• Consideração dos déficits cognitivos, emocionais e psicossociais no processo terapêutico;
• Base teórica fortalecida.

• A aplicação de tarefas e exercícios devem ser específicas às demandas do


indivíduo;
• Acompanhamento do uso de fármacos;
• Foco nos pontos forte do paciente, para compensar as perdas cognitivas.
REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA

Impacto das
dificuldades na
vida do cliente

Ações de
reabilitação
REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA

Atividade Tarefa Exercício

• Unidade • Conjunto de • Conjunto de


básica de uma atividades com atividades com
tarefa. Ex.: um propósito propósito
separar os definido. Ex.: definido e com
ingredientes fazer pão de graduação de
para um pão queijo para a dificuldade.
de queijo. festa. Ex.: fazer pão
de queijo para
a festa com
velocidade de
execução
progressiva.
REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA

• Sistemática de reabilitação:
Encaminhamento;
Avaliação;
Identificação e negociação dos objetivos;
Seleção de abordagens e de métodos de intervenção;
Estabelecimento de um cronograma;
Estabelecimento de um plano de ação;
Implantação das intervenções de reabilitação;
Avaliação dos resultados;
Encaminhamento.
MUITO OBRIGADO!!!

E-mail: claudson.cerqueira@gmail.com