Вы находитесь на странице: 1из 17

COLOCAÇÃO PRONOMINAL

 Trata-se da colocação dos pronomes oblíquos


átonos (me, te, se, o, a, lhe, nos, vos) na frase.
Pronomes pessoais oblíquos
 Os pronomes pessoais oblíquos podem ser
átonos ou tônicos

 ÁTONOS: não são precedidos de preposição

 Pronome oblíquo átono: Joana me perguntou o


que eu estava fazendo.
Pronome oblíquo tônico: Joana perguntou para
mim o que eu estava fazendo.
 A colocação pronominal é a posição
que os pronomes pessoais oblíquos
átonos ocupam na frase em relação
ao verbo a que se referem.
 O pronome oblíquo átono pode
assumir três posições na oração em
relação ao verbo:
1. próclise: pronome antes do verbo
2. ênclise: pronome depois do verbo
3. mesóclise: pronome no meio do verbo
PRÓCLISE
 Aplicada antes do verbo

 Algumas palavras atraem o pronome para


antes do verbo.

São elas: palavras de sentido negativo,


advérbios, pronomes relativos, pronomes
indefinidos, pronomes demonstrativos,
conjunção subordinativa, preposição seguida
de gerúndio
PRÓCLISE

a) Palavras de sentido negativo:


não, nunca, ninguém, jamais, etc.

Ex.: Não se esqueça de mim.

b) Advérbios.

Ex.: Agora se negam a depor.


Nesta casa se fala alemão.
Naquele dia me falaram que a professora
não veio.
PRÓCLISE
c) Pronomes relativos:
Ex.: A aluna que me mostrou a tarefa não veio hoje.
Não vou deixar de estudar os conteúdos
que me falaram.

d) Pronomes indefinidos/interrogativos:
Ex.: Quem me disse isso?
Todos se comoveram durante o discurso de
despedida.

e) Pronomes demonstrativos:
Ex.: Isso me deixa muito feliz!
Aquilo me incentivou a mudar de atitude!
PRÓCLISE
f) Preposição seguida de gerúndio:
Ex.: Em se tratando de qualidade, o Ratatuia é
o site mais indicado à pesquisa escolar.

g) Conjunção subordinativa:
Ex.: Vamos estabelecer critérios,
conforme lhe avisaram.
ÊNCLISE
 Aplicada depois do verbo

 A ênclise é usada quando a próclise e a mesóclise


não forem possíveis:

São elas: Quando o verbo estiver no imperativo


afirmativo, infinitivo impessoal, iniciar a oração;
quando houver pausa antes do verbo e quando o
verbo estiver no gerúndio.
ÊNCLISE

a) Quando o verbo estiver no imperativo


afirmativo:

Ex.: Quando eu avisar, silenciem-se todos.

b) Quando o verbo estiver no infinitivo


impessoal

Ex.: Não era minha intenção machucar-te.


Passaram a cumprimentar-se mutuamente.
ÊNCLISE
c) O verbo iniciar a oração:
Ex.: Diga-lhe que está tudo bem.
Chamaram-me para ser sócio.

d) Quando houver pausa antes do verbo:


Ex.: Se eu ganho na loteria, mudo-me hoje mesmo.
Se não tiver outro jeito, alisto-me nas forças
armadas.

e) Quando o verbo estiver no gerúndio:


Ex.: Não quis saber o que aconteceu, fazendo-
se de despreocupada.
Despediu-se, beijando-me a face.
MESÓCLISE
 Aplicada no meio do verbo

 Acontece quando o verbo está flexionado no


futuro do presente ou no futuro do pretérito,
contanto que esses verbos não estejam
precedidos de palavras que exijam a próclise.

Ex.: Realizar-se-á, na próxima semana, um grande


evento em prol da paz no mundo.

Não fosse os meus compromissos,


acompanhar-te-ia nessa viagem.
 Dicas:
O pronome poderá vir proclítico
quando o infinitivo estiver
precedido de preposição ou
palavra atrativa.

 Ex.:É preciso encontrar um meio


de não o magoar.
COLOCAÇÃO PRONOMINAL NAS
LOCUÇÕES VERBAIS
1) Quando o verbo principal for constituído por
um particípio
 O pronome oblíquo virá depois do verbo
auxiliar.
Ex.: Haviam-me convidado para a festa.

 Se antes da locução verbal houver palavra


atrativa, o pronome oblíquo ficará antes do
verbo auxiliar.
Ex.: Não me haviam convidado para a festa.
COLOCAÇÃO PRONOMINAL NAS LOCUÇÕES
VERBAIS

2) Quando o verbo principal for constituído por


um infinitivo ou um gerúndio:

a) Se não houver palavra atrativa, o pronome


oblíquo virá antes ou depois do verbo auxiliar ou
depois do verbo principal
Devo esclarecer-lhe o ocorrido.
Eu pude lhe pagar o que devia.
O pai não percebia a mulher em que ela se ia
transformando.
COLOCAÇÃO PRONOMINAL NAS
LOCUÇÕES VERBAIS
2) Quando o verbo principal for
constituído por um infinitivo ou um
gerúndio:

b) Se houver palavra atrativa, o pronome


poderá ser colocado antes do verbo
auxiliar ou depois do verbo principal.
Não posso esclarecer-lhe o ocorrido.
Não lhe posso esclarecer o ocorrido.
Emprego de o, a, os, as

1) Em verbos terminados em vogal ou ditongo oral,


os pronomes: o, a, os, as não se alteram.
Chame-o agora. /Deixei-a mais tranquila.

2) Em verbos terminados em r, s ou z, estas


consoantes finais alteram-se para lo, la, los, las.
(Encontrar) Encontrá-lo é o meu maior sonho.

3) Em verbos terminados em ditongos nasais (am,


em, ão, õe, õe,), os pronomes alteram-se para
no, na, nos, nas.
Chamem-no agora./ Põe-na sobre a mesa.