Вы находитесь на странице: 1из 75

História da Educação

Física Escolar no Brasil.


Brasil Colônia;
Brasil Império;
Brasil República I;
Brasil República IIContemporâneo;
Brasil Atual
BRASIL COLÔNIA(1500 - 1945)

Bonjardim/De Rose 2001


CARTA DE PERO VAZ DE
CAMINHA
Cunho natural: brincadeiras, caça,
pesca, nado e locomoção;
Utilitário: aprimoramento das
atividades de caça, agrícolas, etc.),
Guerreiras: proteção de suas
terras;
Recreativo e religioso: danças, agradecimentos aos
deuses, festas, encenações, etc.)
AFRICANOS / CAPOEIRA

Bonjardim/De Rose 2001


1822 1889
Ginástica: formação integral da
juventude (Meninos e meninas)
 Tratado de Educação Física e Moral dos
Meninos”: saúde do corpo e a cultura do espírito
 Educação moral como coadjuvante da Educação
Física e vice-versa;
 1851: Reforma Couto Ferraz
 1882:Rui Barbosa- “Reforma do Ensino
Primário, Secundário e Superior”, denota
importância à Ginástica na formação do
brasileiro. (Rio de janeiro e escolas militares).
Ginástica
Educação Física higienista
Educação física militarista
Ginástica Sueca, Alemã e Francesa
Educação Física higienista e
militarista
OBJETIVO: Criação de um homem
obediente, submisso e acrítico à
realidade brasileira.
- No lugar do professor a figura do
soldado.
EDUCAÇÃO FÍSICA HIGIENISTA:
O exercício físico deveria ser utilizado para aquisição e
manutenção da higiene física e moral.
EDUCAÇÃO FÍSICA MILITARISTA:
O exercício físico deveria ser usado para preparar os
indivíduos fisicamente par o combate militar.
ESPORTIVISMO
SUÉCIA - 1958
CHILE - 1962
MÉXICO - 1970
SEGUNDA FASE DO MILITARISMO NO BRASIL:
EDUCAÇÃO FÍSICA ESPORTIVISTA

OBJETIVO: O rendimento, a vitória, e a busca


pelo mais hábil e mais forte.
- Formar futuros campeões;

- Esporte de rendimento;

- No lugar do professor a figura do técnico.


O esporte é usado como elemento de distração à
realidade política da época.

A Educação física era vista como atividade


destituída de conhecimentos e estava
relacionada ao fazer pelo fazer, voltada a
formação de mão de obra apta para a produção.
FIM DO MILITARISMO
O ROLA BOLA / RECREAÇÃO
NOVAS CONCEPÇÕES DA
EDUCÇÃO FÍSICA ESCOLAR
 PSICOMOTRICIDADE
 DESENVOLVIMENTISTA
 SÚDE RENOVADA
 CRÍTICAS
 PARÂMETROS CURRICULARES
NACIONAIS
CORREÇÃO DOS EXERCÍCIOS
BRASIL COLÔNIA:

01-Período da descoberta do Brasil pelos


portugueses que fizeram do Brasil sua colônia de
exploração, os habitantes da época eram os
índios.
02- De 1500 a 1822 = 322 anos
03- Carta de Pero Vaz de Caminha, relatando
uma dança indígena ao toque de uma gaita
portuguesa.
04-De cunho: natural: brincadeiras, caça,
pesca, nado e locomoção;
Utilitário: aprimoramento da caça e ativ.
Agrícolas;
Guerreiras: proteção da terra;
Recreativo e religioso: danças, agradecimentos,
festas, encenações...
05- As atividades físicas realizadas pelos
indígenas e escravos.
Brasil Império
01- Período em que a família real portuguesa se
transferiu de Portugal para o Brasil e o Brasil
dando início à monarquia no Brasil.
02- de 1822 a 1889 = 67 anos
03- Surgimento dos primeiros tratados da
Educação Física.
A Educação englobava a saúde do corpo e a
cultura do espírito, a educação moral era vista
como coadjuvante da Educação Física e vice-
versa.
05- ginástica
06- A reforma Couto Ferráz, em 1851.
07- Documento de Rui Barbosa onde deixava
claro a importância da ginástica para a formação
integral da juventude.
08- Instituição da ginástica em todas as escolas
de ensino normal, obrigatoriedade para meninos
e meninas, equiparação dos professores de
ginástica ao mesmo nível dos demais
professores.
09- Por que só foi implantado nas escolas do
Rio de janeiro e nas escolas militares, o povo
mesmo não teve acesso.
BRASIL REPÚBLICA
01- Período pós proclamação da independência
do Brasil, em teoria, o Brasil deixou oficialmente
de pertencer a Portugal, teve fim a monarquia e
teve início o Presidencialismo que dura até hoje.
02- de 1890 a 2018 = 128 anos
03- 1ª fase: de 1890 até 1930 com Getúlio Vargas
2ª fase: após a revolução de 1930 até 1946
04- 1ª fase: outros estados começaram a incluir a
ginástica nas aulas de Educação Física. Criação
de diversas escolas de formação militar

2ª fase: Inserção da Educação Física na


Constituição Brasileira e passa a ser obrigatoria
no ensino secundário. (leis)
05- Preparar os indivíduos fisicamente para o
combate militar. Homem obediente, submisso e
acrítico à realidade brasileira.
06- Criação do Ministério da Educação e Saúde,
ou inserção da Educação Física na Constituição
brasileira.
07- através dos métodos ginásticos das escola
sueca, alemã e francesa.
08- da Suécia, Alemanha e França.
09- deram á Educação Física uma perspectiva
eugênica, higienista e militarista.
10- Eugenia: raça pura
Militarista: formação de soldados
Higienista: manutenção da higiene e moral.
11- Criar um homem obediente, submisso e
acrítico à realidade brasileira.
BRASIL CONTEMPORÂNIO
01- Período mais recente da história, depois da
2ª guerra mundial até o regime militar.
 02- De 1846 a 1980 = 134 anos
03- 1964. período em que o Brasil foi governado
por militares, tendo inclusive um presidente
militar.
04- Era a ginástica de calistemia. Depois passou
a ser esportivista.
05- buscava eliminar críticas internas e deixar
transparecer um clima de prosperidade e
desenvolvimento no Brasil.
06- A busca pelo rendimento, a vitória e pelo
mais hábil e forte.
07- Favorecer o regime militar, desmantelando
as mobilizações e o movimento estudantil que
era contrário ao regime militar.

Ou Elemento de distração da realidade política


da época.
08- Era chamado de mecaniscista, tradicional e
tecnicista
09- Não aconteceu porque até hoje ainda é
praticado por muitas escolas do Brasil todo.
10- Com o início da ditadura militar por volta de
1964, época da revolução.
ATUALMENTE
01- Desenvolvimento psicomotor, extrapolando
os limites biológicos e de rendimento corporal,
valorizando o conhecimento de ordem
psicológica, foi mais utilizado inicialmente em
programas de escolas especiais.
02- propiciar condições para o desenvolvimento
motor dos estudantes, cabe ao professor fazer
com que cada aluno esteja no nível esperado para
a sua idade.
04- leitura da realidade do ponto de vista da
classe trabalhadora,
05- O relacionamento da Educação Física com
grandes problemas da sociedade brasileira, sem
no entanto perder de vista o seu papel de
integrar o cidadão na esfera da cultura corporal