Вы находитесь на странице: 1из 36

O Monge Uma

história
eo
Executivo: sobre a
essência da
liderança
Uma história sobre a
essência da liderança:
ideias principais
“As ideias que defendo não são
minhas. Eu as tomei emprestadas de
Sócrates, roubei-as de Chesterfield,
furtei-as de Jesus. E se você não
gostar das ideias deles, quais seriam
as ideias que você usaria?”
Dale Carnegie
Ouvir é uma das
habilidades mais
importantes que
um líder pode
escolher
desenvolver.
Sempre que uma ou
mais pessoas se
reúnem com um
propósito, há uma
oportunidade de
exercer a liderança.
Exercer influência sobre
os outros, que é a
verdadeira liderança,
está disponível a todos,
mas requer uma
enorme doação
pessoal.
Liderança é a
habilidade de influenciar
pessoas para trabalharem
entusiasticamente visando
atingir aos objetivos
identificados como sendo
para o bem comum.
PODER: é a faculdade
de forçar ou coagir
alguém a fazer sua
vontade, por causa de
sua posição ou força,
mesmo que a pessoa
preferisse não o fazer.
AUTORIDADE: é a
habilidade de levar as
pessoas a fazerem de
boa vontade o que
você quer por causa de
sua influência pessoal.
Há vezes em que se deve
exercer o poder. Seja para
colocar limites em nossa
casa ou para demitir um
empregado. Sempre que
precisamos recorrer ao
poder é porque nossa
autoridade foi quebrada.
As qualidades de pessoas que têm
autoridade reconhecida pelos
demais a são: honestidade, bom
exemplo, cuidado, compromisso,
bom ouvinte, capacidade de
conquistar a confiança das pessoas,
tratamento respeitoso com as
pessoas, capacidade para encorajar
as pessoas, atitude positiva e
entusiástica e gostar das pessoas.
Liderança é
executar a tarefa
enquanto se
constroem os
relacionamentos
Arte de ouvir.
Quando você interrompe
as pessoas no meio de uma
frase, está enviando
mensagens
negativas/desrespeitosas:
1-Se você me interrompeu, é porque não
estava prestando muita atenção ao que eu
dizia, já que sua cabeça estava ocupada
com a resposta.

2- Se você se recusa a me ouvir, não está


valorizando minha opinião.

3- Você deve acreditar que o que tem a


dizer é muito mais importante do que o que
eu tenho a dizer. E os sentimentos devem se
expressar através das ações.
Velho
Paradigma Papa
General

Cardeais
Coronéis

Bispos
Capitães e Tenentes

Padres
Sargentos
Leigos e Leigas engajados
Soldados (Tropas)
Povo
Inimigo
Povo
Inimigo
Leigos e Leigas engajados
Soldados (Tropas)

Padres
Sargentos

Bispos
Capitães e Tenentes

Cardeais
Coronéis
Papa Novo
General
Paradigma
Hierarquia das
necessidades
humanas de
Maslow
Autorrealização

Autoestima

Pertencimento e Amor

Segurança e Proteção

Comida, água e moradia


“Quem quiser ser
líder deve ser
primeiro servidor. Se
você quiser liderar,
deve servir.”
Jesus Cristo.
“Nem sempre posso
controlar o que sinto a
respeito de outra pessoa,
mas posso controlar
como me comporto em
relação a outras
pessoas”.
“O amor é o
que o amor
faz”.
Primeira Carta do
Apóstolo Paulo aos
Corintios
Capítulo 13, 1-7
Para ser um líder
servidor, essas
qualidades são
necessárias e podem
ser adquiridas com
dedicação e vontade
própria.
1 - Paciência:
mostrar
autocontrole em
face da
adversidade.
2 - Bondade:
dar atenção,
apreciação e
incentivo.
3 - Humildade:
ser autêntico,
sem pretensão,
orgulho ou
arrogância.
4 – Respeito:
tratar as pessoas
como se fossem
importantes.
5 – Generosidade:
satisfazer as
necessidades dos
outros, mesmo que isso
implique sacrificar suas
próprias necessidades
e vontades.
6. Perdão:
desistir de
ressentimento
quando
enganado.
7. Honestidade:
ser livre de
engano.
8. Compromisso:
ater-se às suas
escolhas.
O líder deve estar preocupado
em criar um ambiente saudável
para as pessoas crescerem e
terem sucesso.
“Todos estão sempre
observando o que o líder faz”.
“Tudo o que o líder faz envia
uma mensagem”.
O líder pode fornecer
todas as condições
para as pessoas
mudarem, mas são as
pessoas que devem
fazer as próprias
escolhas.
As qualidades construtoras de
caráter: paciência, habilidade,
humildade, abnegação,
respeito, generosidade,
honestidade, compromisso. São
os hábitos que precisamos
desenvolver e amadurecer
para nos tornar líderes de
sucesso.
“Amar aos outros, doar-nos e liderar
com autoridade nos forçam a
quebrar nosso muros de egoísmo e ir
ao encontro das pessoas. Quando
negamos as nossas próprias
necessidades e vontades e nos
doamos aos outros, crescemos.
Tornamo-nos menos autocentrados e
mais conscientes dos outros. A
alegria é uma conseqüência dessa
doação”.
“Uma jornada de
duzentos quilômetros
começa com um
simples passo.”

(Provérbio chinês)
Os métodos de
administração de
Jesus.
Bob Briner
Editora Nexo
O segredo da
liderança

J. C. Maxwell

Оценить