Вы находитесь на странице: 1из 26

Metodologia Projetual

Técnicas de Redação
Aula 07 – Descrição I

Prof.: Cloves Elias Ferreira


Descrição de Pessoas ou técnicas de
Retrato:
• Descrever uma pessoa não é assim tão simples
quanto parece.
• Todo conjunto de elementos que compõem o
perfil de um ser humano pode ser dividido
basicamente em dois grupos:
▫ Características físicas;
▫ Características psicológicas.
Características Físicas:
• Aparência externa:
▫ Tido que pode ser observado externamente quando
analisamos alguém;
 Altura;
 Peso;
 Cor da pele;
 Idade;
 Cabelos;
 Traços do rosto;
 Voz;
 Modo de vestir (não é componente físico, mas é um
aspecto exterior).
Características Psicológicas:
• Modo de agir ou de ser:
▫ Tudo que se associa ao comportamento da pessoa:
 Personalidade;
 Temperamento;
 Caráter;
 Preferências (referentes a certas atividades
esportivas ou artísticas);
 Inclinações (aptidões para determinadas tarefas);
 Postura em relação a se mesmo e aos outros e os
objetivos (metas profissionais ou pessoais a serem
alcançadas)
Como deve ser uma boa descrição?
• Devemos levar em conta se não todos, pelo
menos a maioria dos aspectos físicos e
psicológicos;
• Devemos optar por aqueles que mais nos
impressiona e mais facilmente podem fornecer o
retrato da pessoa;
• O leitor do texto poderá visualizá-la ou
reconhecê-la.
Como organizar ou
dispor tantos elementos?
• Esquema de descrição de pessoas – variação I:

1º parágrafo Primeira impressão ou abordagem de qualquer aspecto de


Introdução caráter geral.
Características Físicas:
2º parágrafo Altura, peso, cor da pele, idade, cabelos, traços do rosto
Desenvolvimento
(olhos, nariz, boca etc.), voz, vestimenta etc.
Características Psicológicas:
3º parágrafo Personalidade, temperamento, caráter, preferências,
Desenvolvimento
inclinação, postura, objetivos.
4º parágrafo Retomada de qualquer outro aspecto de caráter geral.
Conclusão
Aspecto de caráter geral:
• No 1º parágrafo ou introdução:
▫ deve-se fornecer uma idéia geral da pessoa a ser
descrita;
▫ Evitar referências a pormenores pouco
significativos.
 Ex. 01: “Ele tem uma pinta na face esquerda”.
• Começar por um aspecto capaz de apresentar o
ser descrito como um todo.
▫ Ex. 02: “Ele parece ser uma pessoa simpática, que
sempre faz amigos com facilidade”.
• Começar a redação dizendo qual foi a primeira
impressão que lhe causou essa pessoa, quando
você a conheceu.
Características Físicas
• No início do 2º parágrafo ou
desenvolvimento:
▫ deve-se apontar detalhadamente as
características físicas do indivíduo;
▫ Devem ser mencionadas segundo uma
determinada ordem – de cima para baixo,
geralmente o que está a altura dos nossos olhos;
• Poderíamos falar inicialmente da altura e do
peso. Como não se trata de uma descrição
técnica, não a necessidade de especificar
dimensões em metros, centímetros ou gramas;
• Bastam referências vagas, como “grande
estatura”, “nem gordo nem magro” e outras
expressões semelhantes;
• Em certos elementos como cabelos e olhos,
seria bom que houvesse uma certa riqueza de
detalhes;
▫ Dizer que alguém tem cabelos castanhos é muito
vago, pois muita gente se enquadra nesta
afirmativa.
▫ Convém relatar outros aspectos além da cor
(comprimento, se são ondulados, lisos ou crespos,
brilho, a maneira como estão cortados ou
penteados – franja, corte arredondado, se estão
repartidos).
• Na descrição dos olhos;
▫ Além da cor, mencionar também, o seu formato
(arredondados, oblíquos, amendoados etc.),
outros detalhes complementares como cílios e
sobrancelhas, os quais contribuem para a
expressividade do rosto.
• Os traços do rosto não precisam ser descritos
detalhadamente, poucas referências são
suficientes.
• Em seguida pode-se falar da voz;
▫ Tom, entonação, volume;
▫ Explica se a pessoa fala rapidamente ou de modo
mais pausado;
▫ Em um tom mais alto ou mais baixo;
▫ Sotaque característico de alguma região.
• Segue-se então a análise das roupas, ou seja, o
modo como a pessoa se veste;
▫ Roupas esportivas ou sociais, fazendo referência a
detalhes mais significativos dos trajes;
▫ Lembrar que o modo como algumas pessoas se
vestem costumam estar intimamente ligados a
alguns elementos psicológicos;
▫ As vezes através das roupas, pode-se ter uma vaga
idéia do que a pessoa pensa e como se comporta.
• 3º parágrafo ou desenvolvimento:
▫ analisando a personalidade de alguém, é possível
fazer comentários sobre a maneira como defende
suas idéias:
 Com firmeza ou deixando se levar pelas opiniões dos
outros.
 Convém mencionar também se demonstra vocação
para exercer a liderança do grupo ou revela um tipo
de comportamento mais passivo;
• Quanto ao temperamento:
▫ observa-se o indivíduo é extrovertido (expande
suas emoções, demonstra seus sentimentos, expõe
claramente suas idéias;
▫ Introvertido (calado, dificilmente deixa
transparecer suas reações ou sentimento diante de
fatos e não tem por hábito emitir suas idéias,
principalmente se não for solicitado);
▫ Analisar se a pessoa parece alegre ou triste,
entusiasmada ou derrotista, tranquila ou irritada,
otimista ou pessimista, fria ou sentimental etc.
• Quanto ao caráter (qualidades ou defeitos):
▫ honestidade, sinceridade, lealdade, preocupação
com seus semelhantes por exemplo.
• Quanto às preferências:
▫ Músicas, artes em geral, esportes, formas de lazer,
leituras etc.
• Quanto às inclinações:
▫ Aptidões facilmente observáveis;
▫ Trabalhos manuais, facilidade na comunicação
etc.
• Quanto à postura:
▫ Visão do mundo, ideologia;
 Idéias sobre a vida;
 Como ele se vê, enquanto um ser que faz parte de
uma sociedade;
 Como encara problemas econômicos, sociais e
políticos etc.
• Quanto aos objetivos:
▫ O que a pessoa espera alcançar na vida;
 Exercer algum cargo em especial;
 Ter uma profissão específica;
 Viajar para um determinado lugar;
 Qualquer outro sonho que possa ter.
• 4º parágrafo ou conclusão:
▫ Não convém terminar a descrição com um detalhe
insignificante, mas com uma afirmação de caráter
geral, como foi feito na introdução;
 Ex.: como a pessoa descrita constuma a se relacionar
com os outros;
 Afirmar algo sobre a sua simpatia e
comunicabilidade.
 Observações procurando referir-se à pessoa como
um todo.
Observações:
• Nas explicações levantamos uma série de
possibilidade, mas será selecionado os aspectos
mais significativos para a caracterização da
pessoa que estiver sendo descrita, isso quer dizer
que certos itens poderão deixar de ser analisados
(em especial alguns das características
psicológicas).
• O número de parágrafos do desenvolvimento
poderá ser aumentado dependendo do q se tem a
dizer.
• A ordem dos elementos poderá sofrer alterações
durante a elaboração da composição.
• Esquema de descrição de pessoas – variação II.

1º parágrafo Primeira impressão ou abordagem de qualquer aspecto de


Introdução caráter geral.
2º parágrafo Análise das características físicas, associadas às
Desenvolvimento características psicológicas (1º parte).

3º parágrafo Análise das características físicas, associadas às


Desenvolvimento características psicológicas (1º parte).
4º parágrafo Retomada de qualquer outro aspecto de caráter geral.
Conclusão
Considerações finais:
• Nota-se que na variação I do esquema, a
descrição separa os aspectos físicos e
psicológicos em parágrafos diferentes;
• No entanto, podemos apresentar as
características físicas e psicológicas ao mesmo
tempo.
▫ Procedimento bastante adequado, uma vez que
vários elementos pertencentes às características
físicas podem ser facilmente relacionados a certas
características psicolócias.
• Ex.:
▫ “Os olhos tende a refletir emoção”.
▫ “A fisionomia, como um todo, é facilmente
associada a um traço de personalidade”.
• Na variação II do esquema, a pessoa que faz a
descrição pode ou não incluir-se em alguns
momentos;
▫ Ex.: “Quando a vi pela primeira vez...”.