Вы находитесь на странице: 1из 12

2) Se f(x) = x2 – 6x + 8, calcule

ESTUDO DAS FUNÇÕES


os valores de x tal que
f(x) = 0
NOTAÇÃO: f: A  B
f(x) = x2 – 6x + 8
A é denominado domínio da função
B é denominado contra domínio da função 0 = x2 – 6x + 8
(Equação do 20 grau)
Valor numérico a=1 b=-6 c=8

1) Se f(x) = 2x – 1, calcule f(100). b 


 = b2 – 4ac
x
f(x) = 2x – 1 = (-6)2 – 4.1.8 2a
f(100) = 2(100) – 1
 = 36 – 32 62
f(100) = 200 – 1
=4
x
f(100) = 199 2
A B

100 199
Logo temos: x1 = 2 e x2 = 4
ESTUDO DO DOMÍNIO DE UMA FUNÇÃO
Valores de x para os quais existe y

EXEMPLOS:

1) f(x) = x2 - 5x + 6
4) f(x) = x 5
Domínio: radicando  0
Domínio: 
x–50
5 x5
2) f(x) =
x 3
Domínio: denominador  0
x–30
x3
x 1
3) f(x) =
2x  6
Domínio: 2x – 6  0
2x  6
x3
FUNÇÃO PAR E FUNÇÃO ÍMPAR

FUNÇÃO PAR FUNÇÃO ÍMPAR

VALORES SIMÉTRICOS DE X VALORES SIMÉTRICOS DE X

IMAGENS IGUAIS IMAGENS SIMÉTRICAS

EXEMPLOS:

a) f(x) = x2 – 4 b) g(x) = 2x
f(-3) = (-3)2 – 4 = 5 g(-4) = 2(-4) = -8

f(3) = (3)2 – 4 = 5 g( 4) = 2(4) = 8

Logo f(x) é par Logo g(x) é ímpar


NOTAÇÕES f(x) = 2x + 1
f(…) = 2(…) + 1
f(g(x)) = fog (x)
g(f(x)) = gof (x) f(g(x)) = 2g(x) + 1
f(f(x)) = fof(x) f(g(x)) = 2(4x – 3) + 1
f(g(x)) = 8x – 6 + 1
1) Dadas as funções f(x) = 2x + 1
e g(x) = 4x – 3. Determinar
f(g(x))
f(g(x)) = 8x – 5
2) Sejam f e g funções reais definidas por f(x) = x + 3, g(x) = 2x – 1.
O valor de f(g(5)) é:

1o Modo 2o Modo

Vamos obter primeiramente a f(g(x)) Vamos “abrir a função”

f(x) = x + 3 Como queremos calcular


f(g(5)) ,procedemos assim:
f(…) = (…) + 3
f(g(x)) = g(x) + 3 f(x) = x + 3 g(x) = 2x – 1
f(9) = 9 + 3 g(5) = 2.5 – 1
f(g(x)) = 2x – 1 + 3
f(9) = 12 g(5) = 10 – 1
f(g(x)) = 2x + 2 g(5) = 9

Se f(g(x)) = 2x + 2, então: Portanto f(g(5)) = 12


f(g(5)) = 2.5 + 2
f(g(5)) = 12
3) Sejam f(x) = 2x + 3, g(x) = x – 5 e h(x) = 3x – 1. Calcule f(g(h(3))

f(x) = 2x + 3 g(x) = x – 5 h(x) = 3x – 1


f(3) = 2.3 + 3 g(8) = 8 – 5 h(3) = 3.3 – 1
f(3) = 6 + 3 g(8) = 3 h(3) = 9 – 1
f(3) = 9 h(3) = 8

Portanto f(g(h(3)) = 9
4) ( CEFET – PR ) Sendo f(x) = x + 2 e f(g(x)) = 2x – 3, então g(x)
é igual a:

f(x) = x + 2
f(g(x)) = g(x) + 2
2x – 3 = g(x) + 2
2x – 3 – 2 = g(x)
2x – 5 = g(x)
2) Encontre a inversa da função
Para encontra a inversa de uma função,
2x - 1
o processo prático é trocar x por y e em f(x) 
seguida isolar y. x 3
3x  1
2x - 1 y=
f(x)  x2
x 3
2 y 1 3x  1
x= f (x) 
1

y 3 x 2

x(y – 3) = 2y – 1
1) Seja f(x) = 2x + 3. Obtenha f -1(x). xy – 3x = 2y – 1

f(x) = 2x + 3 x3 xy – 2y = 3x – 1
f ( x) 
1

x = 2y + 3 2 xy – 2y = 3x – 1
x – 3 = 2y y(x – 2) = 3x – 1
x3
y
2
3) ( UFSC ) Seja a função f(x) =  2x Determine f -1(2)
x2

PASSO 1: determinar a inversa de f(x) PASSO 2: determinar f-1 (2)

 2x 2x
f ( x) 
y 2x
x2
x2 f (x) 
1

 2y x2
x
y2 2x
f (x) 
1
2.2
x(y – 2) = – 2y x2 f ( 2) 
1

xy – 2x = – 2y 22
xy + 2y = 2x
4
xy + 2y = 2x f ( 2) 
1

y(x + 2) = 2x 4
Portanto f-1(2) = 1