Вы находитесь на странице: 1из 47

Fundição em moldes de areia

Prof. Manolo L. Gipiela

FUNDIÇÃO EM AREIA

Processos classificados de acordo com o tipo de ligante utilizado para obter a coesão entre os grãos de areia.

- Principal componente: sílica (SiO 2 ).

  • Depósitos naturais, forma arredondada e granu- lometria uniforme.

  • Britagem de rochas ou pedra arenosa, partículas

angulares

e

tamanhos

não uniformes.

FUNDIÇÃO EM AREIA

  • Moldes colapsáveis (descartáveis)

  • - Grande liberdade de formas.

  • - Facilidade de moldagem.

  • - Baixo custo.

  • - Uma moldagem a cada vazamento.

  • - Baixa extração de calor.

FUNDIÇÃO EM AREIA

Características do molde em areia

  • 1. Resistência mecânica Deve suportar o peso próprio e o peso do metal líquido.

  • 2. Permeabilidade Deve permitir que os gases liberados pelo líquido escapem.

  • 3. Resistência à erosão Deve resistir à ação do líquido que flui durante o vazamento.

  • 4. Colapsibilidade Deve permitir a contração do metal sem perder integridade.

  • 5. Baixa aderência ao metal fundido Deve se separar facilmente do metal quando solidificado.

  • 6. Econômico Baixo custo pois neste caso teremos uma peça por molde.

FUNDIÇÃO EM AREIA

Tipos de molde em areia

Moldes com

areia verde

Moldes com areia ligada quimicamente

1. Areia de base

Sílica, cromita e zirconita.

  • 2. Agente aglomerante Argila (bentonita).

  • 3. Plastificante

Água.

  • 4. Outros aditivos Pó de grafite, amido, etc.

1. Areia de base

Sílica, cromita e zirconita.

  • 2. Agente aglomerante

Resinas

poliméricas

fenólicas)

(furânicas

e

  • 3. Outros aditivos Óxido de ferro.

FUNDIÇÃO EM AREIA

Vantagens e desvantagens da areia verde

Vantagens

Desvantagens

 
  • 1. A moldagem por areia verde é o mais barato dentre todos os métodos de produção de moldes.

  • 1. O controle da areia é mais crítico do que nos outros processos que também usam areia.

  • 2. Há menos distorção de formato do que nos métodos que usam areia seca,

  • 2. Maior erosão quando as peças fundidas são de maior tamanho.

porque não há necessidade de

  • 3. O acabamento da superfície piora nas

aquecimento (durante a fabricação do

peças de maior peso.

molde).

  • 4. A estabilidade dimensional é menor nas

  • 3. As caixas de moldagem estão prontas para a reutilização em um mínimo espaço de tempo.

peças de maior tamanho.

  • 4. Boa estabilidade dimensional.

  • 5. Menor possibilidade de surgimento de

 

trincas.

Resumo de vantagens e desvantagens

  • Vantagens:

    • Flexibilidade.

    • Simplicidade.

    • Baixo custo.

    • Grande variedade de tamanhos.

    • Reutilização do material.

      • Limitações:

        • Seções de pequena espessura.

        • Geometrias complexas.

        • Precisão dimensional.

        • Qualidade superficial.

        • Erosão do molde.

FUNDIÇÃO EM AREIA

Canais no molde em areia

Bacia de vazamento

Canal de espuma

Massalote

Peça
Peça

Canal de ataque

Canal de subida

Canal de descida

Base do canal de descida

Canal de distribuição

FUNDIÇÃO EM AREIA

Etapas na produção do molde em areia verde

Compactação da areia na caixa

FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Compactação da areia na caixa
FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Compactação da areia na caixa
FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Compactação da areia na caixa

FUNDIÇÃO EM AREIA

Etapas na produção do molde em areia verde

Compactação automatizada , semi-automática ou manual.
Compactação automatizada ,
semi-automática ou manual.

Compactação por vibração

Compactação por vibração

Compactação por vibração e compressão

Compactação por vibração e compressão

Dureza do molde devido a compactação

Dureza do molde devido a compactação

FUNDIÇÃO EM AREIA

Etapas na produção do molde em areia verde

Defeito

(excesso de umidade na areia)

Caixa é virada

FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Defeito (excesso de umidade na
FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Defeito (excesso de umidade na

FUNDIÇÃO EM AREIA

Etapas na produção do molde em areia verde

É colocada a outra metade e os

canais e massalotes

FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde É colocada a outra metade
FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde É colocada a outra metade
FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde É colocada a outra metade

FUNDIÇÃO EM AREIA

Etapas na produção do molde em areia verde

Os modelos dos canais são

removidos

FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Os modelos dos canais são
FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Os modelos dos canais são
FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Os modelos dos canais são

FUNDIÇÃO EM AREIA

Etapas na produção do molde em areia verde

Abertura do copo de vazamento

Abertura do canal de distribuição

e retirada do modelo da peça

FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Abertura do canal de distribuição
FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Abertura do canal de distribuição

FUNDIÇÃO EM AREIA

Etapas na produção do molde em areia verde

Fechamento do molde

FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Fechamento do molde

ANIMAÇÃO MOLDES DE AREIA

FUNDIÇÃO EM AREIA

Etapas na produção do molde em areia verde

Vazamento do metal líquido

Desmoldagem

FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Vazamento do metal líquido Desmoldagem
FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Vazamento do metal líquido Desmoldagem

FUNDIÇÃO EM AREIA

Etapas na produção do molde em areia verde

FUNDIÇÃO EM AREIA Etapas na produção do molde em areia verde Rebarbação e limpeza

Rebarbação e limpeza

FUNDIÇÃO EM CASCA

(SHELL MOLDING)

FUNDIÇÃO EM CASCA

Características

O processo de fundição em casca é também um processo de fundição em areia

Neste método a areia não necessita ser compactada para que o conjunto adquira resistência mecânica

Utiliza, no entanto, areia modificada quimicamente sendo o molde “curado” para adquirir resistência mecânica. Nesta cura a resina forma uma massa aderente que mantêm os grãos de areia unidos

FUNDIÇÃO EM CASCA

Características A cura da resina poder ser realizada a quente ou a frio

Cura a frio

Cura a quente

  • 1. Processo mais caro

  • 2. Utiliza catalisadores ácidos e corrosivos

  • 3. Por isso menos comum

  • 1. Chamada de shell molding

  • 2. A base de polímeros geralmente termofixos

  • 3. Resina corresponde de 3 a 10% do molde

FUNDIÇÃO EM CASCA

Obtenção do molde Cura a quente

FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente Modelos Metálicos para resistir ao calor

Modelos Metálicos para resistir ao calor

FUNDIÇÃO EM CASCA

Obtenção do molde Cura a quente

FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente Moldelo posicionado na placa de aquecimento

Moldelo posicionado na placa de aquecimento (200-250ºC)

FUNDIÇÃO EM CASCA

Obtenção do molde Cura a quente

FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente A placa é girada contra um
FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente A placa é girada contra um
FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente A placa é girada contra um

A placa é girada contra um reservatório contendo uma mistura de areia e resina de modo a envolver todo o modelo

FUNDIÇÃO EM CASCA

Obtenção do molde Cura a quente

FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente O calor do modelo funde parcialmente

O calor do modelo

funde parcialmente a

resina da mistura que fica próxima ao modelo unindo as partículas de areia, nesta região

FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente O calor do modelo funde parcialmente

FUNDIÇÃO EM CASCA

Obtenção do molde Cura a quente

FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente Após algum tempo (cerca de 15

Após algum tempo (cerca de 15 minutos), forma-se uma casca (“shell”) com espessura suficiente (10-15 mm) sobre o modelo

FUNDIÇÃO EM CASCA

Obtenção do molde Cura a quente

FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente A casca é retirada da placa

A casca é retirada da placa com auxílio de pinos extratores

FUNDIÇÃO EM CASCA

Obtenção do molde Cura a quente

FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente A resina da casca é finalmente
FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente A resina da casca é finalmente

A resina da casca é finalmente reticulada “curada” quando a placa

é colocada numa estufa com temperatura entre 350-450 ºC

FUNDIÇÃO EM CASCA

Obtenção do molde Cura a quente

FUNDIÇÃO EM CASCA Obtenção do molde – Cura a quente São produzidas duas metades e unidas

São produzidas duas metades e unidas por um adesivo e/ou

grampos. O Conjunto pode ou não ser posicionado numa caixa contendo areia para o vazamento do metal líquido.

FUNDIÇÃO EM CASCA

Características CURA A QUENTE

  • 1. Este processo produz somente metade do molde.

  • 2. Menor espaço para estocagem.

  • 3. Redução na quantidade de areia necessária.

  • 4. Fornece bom acabamento superficial.

  • 5. Boa estabilidade dimensional.

  • 6. Facilidade de liberação de gases (permeabilidade).

  • 7. Processo facilmente automatizado.

  • 8. Mais adequado para peças complexas.

  • 9. O vazamento é realizado por gravidade.

10. Maior custo comparado ao molde areia verde. 11. Dimensões limitadas em comparação com fundição em areia verde.

FUNDIÇÃO EM CASCA

Obtenção do molde Cura a FRIO

  • 1. Modelos (geralmente em madeira) são fixados na caixa.

2.

A

mistura

de

areia,

resina

e

catalisador

despejada

na

compactação.

caixa,

fazendo-se

a

é

feita

e

gradativa

  • 3. A cura inicia-se imediatamente após a moldagem.

  • 4. A cura termina algumas horas após.

  • 5. O modelo é retirado.

  • 6. Molde é pintado com tintas especiais para fundição.

  • 7. Molde é aquecido para secagem da tinta.

FUNDIÇÃO EM CASCA

Características CURA A FRIO

1.

Moldes mais rígidos para serem usados para peças grandes e formas complexas.

  • 2. Bom acabamento superficial.

  • 3. Vazamento feito por gravidade.

  • 4. Molde mais caro comparado com outros em areia.

  • 5. Catalisadores têm substâncias ácidas e corrosivas.

  • 6. Cuidado na manipulação.

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

(INVESTMENT CASTING)

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

Os primeiros objetos fundidos usando-se cera

perdida que se tem notícia foi 3000 a.C. na Mesopotâmia

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Os primeiros objetos fundidos usando-se cera perdida que se tem notícia foi
FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Os primeiros objetos fundidos usando-se cera perdida que se tem notícia foi

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

Características

A fundição por cera perdida é caracterizada por obter o molde a partir de um modelo de cera que será derretido após a confecção do molde;

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Características A fundição por cera perdida é caracterizada por obter o molde
FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Características A fundição por cera perdida é caracterizada por obter o molde
FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Características A fundição por cera perdida é caracterizada por obter o molde

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

Obtenção do modelo de cera

  • 1. Usinagem da cera

  • 2. União de sub-partes de cera formando o modelo

  • 3. Moldagem da cera no estado sólido

  • 4. Moldagem da cera no estado líquido

Molde metálico (injeção) Molde cerâmico (geralmente gesso) Molde polimérico (geralmente silicone)

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Obtenção do modelo de cera 1. Usinagem da cera 2. União de

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

Obtenção do modelo de cera

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Obtenção do modelo de cera
FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Obtenção do modelo de cera

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

União dos canais de alimentação

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA União dos canais de alimentação
FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA União dos canais de alimentação

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

Banho de lama + partículas

refratárias (areia)

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Banho de lama + partículas refratárias (areia)
FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Banho de lama + partículas refratárias (areia)

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

Remoção da cera e cura da casca cerâmica

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Remoção da cera e cura da casca cerâmica Autoclave

Autoclave

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Remoção da cera e cura da casca cerâmica Autoclave

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

Vazamento do metal

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Vazamento do metal
FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Vazamento do metal

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

Remoção da casca cerâmica

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Remoção da casca cerâmica
FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Remoção da casca cerâmica
FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA Remoção da casca cerâmica

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

RESUMO

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA RESUMO

FUNDIÇÃO EM CERA PERDIDA

Vantagens e desvantagens

  • 1. Produz peças com excelente acabamento superficial

  • 2. Facilidade em produzir peças com geometria complexa

  • 3. Ideais para peças pequenas

  • 4. Reprodução de detalhes, cantos vivos e paredes finas;

  • 5. Possibilidade de produzir partes ocas sem o uso de machos.

  • 6. Dificuldade em produzir peças grandes (>5 kg);