Вы находитесь на странице: 1из 68

Controle de Constitucionalidade:

Considerações Gerais

Professor: Júlio Edstron S. Santos.


Direito Constitucional II
Inconstitucionalidade das Leis
Processo Legislativo de uma LO.
Inconstitucionalidade das Leis

É precisamente neste sentido que


a inconstitucionalidade é um juízo
de valor, porque ela conduz o
intelecto humano a considerar
certas condutas - públicas ou
privadas – contrárias a
Constituição. (BULOS, p.134)
Inconstitucionalidade das Leis

Espécies de Inconstitucionalidade:

- Inconstitucionalidade Formal
(formais, procedimentais ou
instrumentais);
Inconstitucionalidade das Leis
Inconstitucionalidade das Leis
Inconstitucionalidade das Leis
Espécies de Inconstitucionalidade:
Inconstitucionalidade Formal:
 Espécies normativas:
Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de:
I - emendas à Constituição;
II - leis complementares;
III - leis ordinárias;
IV - leis delegadas;
V - medidas provisórias;
VI - decretos legislativos;
VII - resoluções.
Parágrafo único. Lei complementar disporá sobre a
elaboração, redação, alteração e consolidação das leis
Inconstitucionalidade das Leis
Espécies de Inconstitucionalidade:
Inconstitucionalidade Formal:
Inconstitucionalidade Formal Subjetiva:

Ex: Vide artigo 61 da Constituição da


República.
Inconstitucionalidade das Leis
Espécies de Inconstitucionalidade:
Inconstitucionalidade Formal:
Inconstitucionalidade Formal Objetiva:

Ex: Vide artigo 68 da Constituição da


República.
Inconstitucionalidade das Leis

Espécies de Inconstitucionalidade:
Inconstitucionalidade Material:

Vide artigo 22 da constituição da


República
Inconstitucionalidade das Leis
Espécies de inconstitucionalidade

Inconstitucionalidade por AÇÃO


(Atuação)

Inconstitucionalidade por
OMISSÃO (abstenção) (art. 102, I,
a, e III, a, b e c, e art. 103 e
parágrafos 1º a 3º).
Inconstitucionalidade das Leis
Inconstitucionalidade Progressiva: A
lei ainda constitucional e as situações
constitucionais imperfeitas.

- RE 600.885/RS Min. Carmen Lúcia


10/11/2010
Inconstitucionalidade das Leis
A situação constitucional imperfeita
é o estágio provisório de
constitucionalidade, no qual o ato
legislativo está passando por um
progressivo processo de
inconstitucionalização”. (BULOS,
p. 158)
Inconstitucionalidade das Leis
Questões para debate:
Inconstitucionalidade das Leis
Uma lei anterior a determinada
constituição pode ser declarada
inconstitucional?

STF ADI 2-1


Min Sepulveda Pertence
Inconstitucionalidade das Leis

Somente as leis podem ser declaradas


inconstitucionais?
Inconstitucionalidade das Leis
Somente as leis podem ser declaradas
inconstitucionais?
APC -Apelacao Civel
Relator(a): ANGELO CANDUCCI PASSARELI
Processo: 20120910008848APC
DIREITO BANCÁRIO. AÇÃO REVISIONAL. CONTRATO DE
EMPRÉSTIMO PESSOAL. CAPITALIZAÇÃO MENSAL DE
JUROS. LEGALIDADE. DIVERGÊNCIA DE TAXAS MENSAL E
ANUAL. PACTUAÇÃO. MP 1.963-17/2000. MATÉRIA
PACIFICADA PELO E. STJ. RECURSO ESPECIAL REPETITIVO.
ART. 543-C - CPC. DECLARAÇÃO INCIDENTAL DE
INCONSTITUCIONALIDADE DO ART. 5º DA MP 2.170-36/2001
PELO CONSELHO ESPECIAL. AUSÊNCIA DE VINCULAÇÃO
DOS ÓRGÃOS FRACIONÁRIOS. SENTENÇA MANTIDA.
Inconstitucionalidade das Leis
APC -Apelacao Civel
Relator Designado(a): ANGELO CANDUCCI PASSARELI
Processo: 20120110092608APC
DIREITO BANCÁRIO. AÇÃO DE REVISÃO CONTRATUAL C/C
CONSIGNAÇÃO. EMPRÉSTIMO PESSOAL. CAPITALIZAÇÃO
MENSAL DE JUROS. LEGALIDADE. PRESTAÇÃO PRÉ-FIXADA.
PACTUAÇÃO. OPERAÇÃO POSTERIOR À MEDIDA
PROVISÓRIA N° 1.963-17/2000. DECLARAÇÃO INCIDENTAL DE
INCONSTITUCIONALIDADE DO ART. 5º DA MP Nº 2.170-36/2001
PELO CONSELHO ESPECIAL. AUSÊNCIA DE VINCULAÇÃO
DOS ÓRGÃOS FRACIONÁRIOS. TARIFA DE ABERTURA DE
CRÉDITO - TAC. ABUSIVIDADE. SENTENÇA PARCIALMENTE
REFORMADA.
1 - A PREVISÃO NA AVENÇA, LIVREMENTE PACTUADA PELAS
PARTES, DA QUANTIA MUTUADA,
Inconstitucionalidade das Leis

A Administração Pública pode se


negar a cumprir uma lei, alegando que
a mesma é inconstitucional?
Inconstitucionalidade das Leis
A Administração Pública pode se
negar a cumprir uma lei, alegando que
a mesma é inconstitucional?

Advertência do STF: “A recusa de


cumprimento de lei, por
inconstitucionalidade, somente é
possível quando evidente” (STF, MS
14.557/SP. Min. Cândido Mota Filho)
Inconstitucionalidade das Leis

O professor Uadi Lammêgo faz a


seguinte pergunta: Estariam os
particulares obrigados a cumprir lei
inconstitucional, cuja
inconstitucionalidade ainda não foi
declarada? (p. 165)
Pressupostos do controle de
constitucionalidade
Principio da supremacia da Constituição
Pressupostos do controle de
constitucionalidade
Constituição Rígida
Pressupostos do controle de
constitucionalidade
Procedimento conforme art. 60 CRFB
Pressupostos do controle de
constitucionalidade
Atribuição de competência a um órgão
para resolver os problemas de
constitucionalidade.
INTRODUÇÃO CONTROLE
DE CONSTITUCIONALIDADE
Antecedentes históricos
Modelo Americano

JOHN ADAMS THOMAZ JEFFERSON


(Presidente EUA) (novo Presidente EUA)

JAMES MADISON –
WILLIAM MARBURY
nomeado Secretário de
– nomeado “Juiz de
estado – não efetivou a
Paz” (Juiz Federal) –
“Comissão” por ordem
mas a “comissão”
de Jefferson.
para o cargo,
embora assinada, JOHN MARSHALL,
não lhe foi entregue. Chief Justice
Antecedentes históricos
Modelo Americano

Marbury vs Madison
“Entre essas alternativas não há meio-
termo. A Constituição ou é uma lei
suprema, não passível de modificação
por meios ordinários, ou está nivelada
com as leis ordinárias e, como outras
leis, é passível de ser alterada quando
ao legislador agrade alterá-la”.
MARSHALL
Antecedentes históricos

Modelo austríaco
kelseniano de 1920.
Antecedentes históricos
Graphē paranómōn (γραφὴ αρανόμων).

- O que aconteceria se esta técnica fosse


aplicada no Brasil atual
MOMENTOS DE CONTROLE

Preventivo
(Art, 58, 66 etc)

Repressivo
MOMENTOS DE CONTROLE
MOMENTOS DE CONTROLE
QUANTO A ABRANGÊNCIA

Total

Parcial
MOMENTOS DE CONTROLE
No Brasil, o controle de
constitucionalidade repressivo
judiciário é exercido de duas formas:

SISTEMA DE
CONTROLE

DIFUSO CONCENTRADO
CONTROLE DIFUSO

Também chamado jurisdição


constitucional difusa, ocorre quando
vários ou todos os órgãos judiciais são
competentes para declarar a
inconstitucionalidade de lei ou norma.
CONTROLE DIFUSO
1. COMPETÊNCIA Qualquer Juiz ou Tribunal
2. LEGITIMAÇÃO Qualquer interessado, no curso de
um processo judicial.
O representante do Ministério
Público;
O juiz, de ofício.
3.DECLARAÇÃO DE Somente pela maioria absoluta dos seus
INCONSTITUCIONALIDADE julgadores ou do órgão especial (Reserva
PELOS TRIBUNAIS de Plenário – art. 97/CF)

4. EFEITOS DA DECISÃO Decisão do Poder Judiciário (inter partes –


em regra, ex tunc)
Suspensão do Senado Federal (erga
omnes – ex tunc)
5. ATUAÇÃO DO SENADO Por Resolução
Não está obrigado
Não pode modificar a decisão do STF
Alcança leis federais, estaduais e
municipais;
É irretratável (não admite desistência)
CONTROLE CONCENTRADO
Este controle só é exercido por um
Tribunal Superior do País ou por uma
Corte Constitucional (no caso da
Alemanha), mediante a propositura da
Ação Direta de Inconstitucionalidade –
ADIN.
EFEITOS DA DECISÃO

Inter partes

Erga omnes
NATUREZA DA DECISÃO
Ex tunc

Ex nunc

Efeito modular
NATUREZA DA DECISÃO
Entretanto o STF, tendo em vista razões
de segurança jurídica ou de excepcional
interesse social, por 2/3 de seus
membros, pode estabelecer que a decisão
produza efeitos ex nunc (não retroage), a
partir do trânsito em julgado ou de outro
momento que venha a ser fixado. (STF –
2/3 = 8 Ministros). A concessão de
efeitos ex tunc e ex nunc é admitida
também nas hipóteses de concessão de
medida cautelar.
CONTROLE DIFUSO
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Competência:

O modelo de controle abstrato adotado


pelo sistema brasileiro concentra no
Supremo Tribunal Federal a
competência para processar e julgar as
ações autônomas nas quais se
apresenta a controvérsia constitucional.
(MENDES, 2010)
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Legitimados
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Importância no cenário jurídico:

O modelo abstrato recebeu ênfase da


Constituição de 1988, uma vez que,
praticamente, todas as controvérsias
constitucionais relevantes passaram a
ser submetidas ao Supremo Tribunal
Federal mediante processo de controle
abstrato de normas. (MENDES, 2010)
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Legitimados:
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Regulamentação Jurídica.

Constituição da República.
Lei Federal 9868/99
Lei Federal 9882/99
Regimento Interno do STF
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
 Instrumentos jurídicos:

a) Ação direta de inconstitucionalidade(ADI),


(ADI – Genérica)
b) Ação declaratória de
constitucionalidade(ADC),
c) A ação direta de inconstitucionalidade por
omissão(ADO)
d) Argüição de descumprimento de preceito
fundamental(ADPF).
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Ação direta de
inconstitucionalidade(ADI), (ADI –
Genérica)

Conceito:
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Conceito:

A ação direta de inconstitucionalidade


(ADI) é o instrumento destinado à
declaração de inconstitucionalidade de
lei ou ato normativo federal ou estadual,
utilizando como parâmetro de
controle,exclusivamente, a Constituição
vigente. (MENDES, 2010)
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Controle Concentrado de
Constitucionalidade

Ação declaratória de
constitucionalidade(ADC),

Conceito:
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Conceito:

A ação declaratória de
constitucionalidade (ADC) é o
instrumento destinado à declaração da
constitucionalidade de lei ou ato
normativo federal. Tem-se considerado,
por isso, a Ação declaratória de
constitucionalidade como uma Ação
Direta de Inconstitucionalidade de sinal
trocado
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
A ação direta de inconstitucionalidade
por omissão(ADO)

Conceito:

Comparativo com Mandato de Injunção


Controle Concentrado de
Constitucionalidade
A ação direta de inconstitucionalidade
por Omissão (ADO) é o instrumento
destinado à aferição da
inconstitucionalidade da omissão dos
órgãos competentes na concretização
de determinada norma constitucional,
sejam eles órgãos federais ou estaduais,
seja a sua atividade legislativa ou
administrativa, desde que se possa, de
alguma maneira, afetar a efetividade da
Constituição. (MENDES,2010)
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Abrangência da ADI-O

A ação direta de inconstitucionalidade


por omissão pode ter como objeto
tanto a omissão total, absoluta, do
legislador, quanto a omissão parcial,
ou o cumprimento incompleto ou
defeituoso de dever constitucional de
legislar. (MENDES, 2010)
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Controle Concentrado de
Constitucionalidade

Argüição de descumprimento de
preceito fundamental (ADPF).

Conceito:
Finalidade da ADPF
A argüição de descumprimento de
preceito fundamental (ADPF), como
típico instrumento do modelo
concentrado de controle de
constitucionalidade, tanto pode dar
ensejo à impugnação ou questionamento
direto de lei ou ato normativo federal,
estadual ou municipal, como pode
acarretar uma provocação a partir de
situações concretas, que levem à
impugnação de lei ou ato normativo.
(MENDES, 2010)
Controle Concentrado de
Constitucionalidade

ADPF e residualidade.
Controle Concentrado de
Constitucionalidade
Controle Concentrado de
Constitucionalidade

Questão de debate:

Pode haver medida cautelar em


caso de controle de
constitucionalidade
concentrado?
Controle Concentrado de
Constitucionalidade