Вы находитесь на странице: 1из 12

Condicionamento

Respondente e
Operante
Reflexo condicionado

Exemplo:
• Reflexo cardíaco – fugir ou lutar com um
predador;
Reflexo – é simplesmente o meio de Reflexo condicionado – é quando
identificar o fato de que o coração o corredor foi modificado. Logo de
começa a bater rapidamente. início o coração já começa a bater
rapidamente.
• Condicionamento respondente – que uma
determinada aparência pode suscitar o
comportamento cardíaco apropriado antes
da fuga ou da luta;
Suplementos internos
• Respostas condicionadas – ocorrem por
“antecipação” ou na “expectativa” de
consequências usuais.

• Estímulo condicionado – funciona como


um “signo”, “sinal” ou “símbolo”.
Condicionamento Operante
• Uma pessoa chega a haver-se
eficazmente com um novo ambiente.
• O comportamento é fortalecido por um
“reforço”.
• Passa por um processo de aprendizado.
• Há o estímulo (S), uma resposta (R ),
consequência.
Quando um comportamento tem o tipo de
consequência chamada reforço, há maior
probabilidade de ele ocorrer novamente.
• Reforçador Positivo • Reforçador
• Fortalece qualquer Negativo
comportamento que • Revigora qualquer
o produza. comportamento que
• Ex.: sede – copo de o reduza ou o faça
água. cessar.
• Ex.: sapato
apertado – qdo tira
vem o alívio.
Ambos aumentam a probabilidade de que o comportamento se repita.
Consequência
Relação
Ação-Consequência Reforçador Punidor

Positiva Reforço Positivo Punição Positiva


Negativa Punição Negativa Reforço Negativo
No condicionamento operante
há dois tipos de relação entre
comportamento e consequência:
Positiva ou Negativa.

• Exemplos:
 Se trabalha para comer:
Ação: trabalhar Consequência: alimento Relação: Positiva
 Pessoa alérgica a amendoim:
Ação: verificar os ingredientes Consequência: evitar passar mal.
Relação: Negativa
O comportamento, com frequência, tem consequências
mistas. A vida é cheia de opções entre alternativas que
oferecem diferentes combinações de reforço e punição.

Reforço Punição Punição Reforço


Positivo Positiva Negativa Negativo

Comparecer Receber Sofrer Faltar ao Evitar as


ao trabalho remuneração aporrinhaçõ trabalho e ser aporrinhações
es descontado
no salário

Não trabalhar Ser Tomar uma Fazer bem feito


nos feriados chamado a advertência para não ser
atenção por ter feito chamado a
algo errado atenção
Diferenças
Comportamento Comportamento
Operante Reflexo
• Voluntário • Involuntário
• Está sob controle da • Não está sob
pessoa que age controle da pessoa
• Ato de vontade • Vontades invasoras
Semelhanças entre
contingência de sobrevivência
e reforço
• Exemplificam uma causalidade;
• São pertinentes á questão do intento
criativo;
• Quando tivermos passado em revista as
contingências que geram novas formas de
comportamento no indivíduo, estaremos
em melhor situação para avaliar as que
geram o comportamento inato na espécie.
Análise funcional do
comportamento
• Busca relações funcionais entre o
comportamento e o ambiente, busca as
funções do comportamento.
• A interação funcional do comportamento
com seu ambiente será descrita em
conformidade com os paradigmas
respondente e operante. São eles:
Paradigma Respondente exemplo
S-R S R
O cisco elicia o lacrimejar
• S é o estímulo;
• R é a resposta;
• Seta é a relação de eliciação entre o S e a
R (provocar uma resposta);
• Sª simboliza a ocasião em que a R ocorre;