Вы находитесь на странице: 1из 26

CONHECENDO O

LIVRO DE
SALMOS
LIÇÃO 05 – EBD – JOVENS DA BALEIA
Pr Harbety Jr
A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o
testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos
símplices.
Os preceitos do Senhor são retos e alegram o
coração; o mandamento do Senhor é puro, e
ilumina os olhos.
TEXTO DE O temor do Senhor é limpo, e permanece
eternamente; os juízos do Senhor são
REFERÊNCI verdadeiros e justos juntamente.
A Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que
muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o
licor dos favos.
Também por eles é admoestado o teu servo; e
em os guardar há grande recompensa.
Salmos 19:7-11
 CONHECER O LIVRO DE
SALMOS;
 COMPREENDER A SUA
OBJETIVOS IMPORTÂNCIA;
DA LIÇÃO  APLICAR CONCEITOS
TRAZIDOS PELOS SALMOS
NO COTIDIANO CRISTÃO.
 Seu título hebraico é "livro de louvores“
(tehillim).
 A tradução grega do Antigo Testamento (a
Septuaginta) empregou o termo psalmos no
lugar de tehillim, sendo que o termo grego
INTRODUÇÃ quer dizer "um cântico entoado com o
O AOS acompanhamento de um instrumento de
cordas". A Vulgata seguiu a Septuaginta e
SALMOS chamou o livro de psalmorum, do latim
psalterium, "um instrumento de cordas".
 A versão King james adotou esse termo e,
assim, temos o Livro de Salmos
 Composto por 150 poemas (eram cantados
pelo povo judeu), toca em todas as áreas da
vida humana de um modo muito pessoal e
prático.
 • Seu propósito é levar as pessoas a
louvarem a Deus, pois Ele é digno - por tudo
o que é, fez, faz e fará! Sua bondade dura
A MENSAGEM DOS para sempre!
SALMOS
 Era o livro de cânticos de Israel, o Hinário do
Templo;
 • Os “Cânticos de Sião”, conforme Sl.137:3;
 • Não somente os cânticos mas também as
orações, fruto da experiência religiosa de uma
comunidade de adoradores ao Deus Criador
DAVI 75
ASAFE 12
FILHOS DE CORÁ 10
ESCRITORE SALOMÃO 2
S MOISÉS 1
HEMÃ 1
ETÃ 1
DESCONHECIDO 50
1. Lutas e esperanças
2. Triunfos e fracassos
3. Adoração e rebeldia
4. Gratidão e arrependimento
5. E os clamores que surgem na
CONTEÚD
alma: - da
O
enfermidade, da pobreza, do
Exílio, da injustiça e de
calamidades e misérias que
atingem a humanidade
LIVRO SALMOS
LIVRO I 1 -41
LIVRO II 42 – 72
LIVRO III 73 -89
DIVISÃO LIVRO IV 90 -106
DOS LIVRO V 106 – 50
SALMOS
PRINCIPAIS
TÍTULOS
CLASSIFICA
ÇÃO DOS
SALMOS
IMPORTÂ
NCIA DOS
SALMOS
 No Novo Testamento, encontramos mais de
quatrocentas alusões ou citações de Salmos. Jesus
citou o Livro de Salmos (Mt 5:5 / Sl 37:11; 5:36 / Sl
48:3; 6:26 / Sl 147:9; 7:23 / Sl 6:8; 27:46 / Sl 22:1; Jo
15:25 / Sl 69:4).
 Quando a igreja de Jerusalém escolheu um novo
apóstolo, o Senhor a orientou com palavras do Livro
IMPORTÂ de Salmos (At 1:1 5ss; Sl 69:25; 109:8).
 A Igreja primitiva também usou os Salmos como
NCIA DOS fundamento para sua pregação (At 2:31; Sl 16:10) e

SALMOS como fonte de estímulo em tempos de perseguição


(At 4:23-31; Sl 2).
 O cântico de certos salmos fazia parte de seus
cultos (Ef 5:19; Cl 3:16; 1 Co 14:26) e deve ser parte
dos cultos das igrejas hoje.
1. Os Salmos foram escritos
individualmente (um por
um).
Os Salmos são
Como ler os
eminentemente poesias/
salmos?
canções/orações. Portanto
devem ser lidos como tais.
Atenção ao contexto
histórico.
 A segunda principal característica distinta da
poesia hebraica é o equilíbrio de forma e sentido
chamado paralelismo. O poeta apresenta uma
ideia; depois ele a reforça por meio da repetição,
variação ou contraste. Três tipos principais de
paralelismo se encontram através do Saltério:
 Sinônimo. A segunda linha repete a primeira
Como ler os com palavras um pouco diferentes (cons. Sl. 1:2).
 2. Antitético. A segunda linha faz agudo
salmos? contraste com a primeira (cons. Sl. 1:6).
 3. Sintético. A segunda linha completa a
primeira, suplementando o pensamento original
(cons. Sl. 7:1).
 Em primeiro lugar, deve ser lembrado
que os Salmos são uma orientação para
a
adoração. Queremos dizer, com isto,
3 que o adorador que procura louvar a
Deus, ou apelar a Deus, ou lembrar-se
BENEFÍCIOS dos benefícios de Deus, pode usar os
DOS Salmos como um meio formal de
expressar seus pensamentos e
SALMOS sentimentos.
 Em segundo lugar, os Salmos
demonstram a nós como
podemos ter um
relacionamento honesto com
3 Deus. Embora não ofereçam
tanta instrução doutrinária
BENEFÍCIOS
sobre esta questão, realmente
DOS oferecem, pelo seu exemplo, um
SALMOS tipo
verdadeiro de instrução.
 Em terceiro lugar, os Salmos
demonstram a importância
3 da reflexão e da meditação
BENEFÍCIOS sobre as coisas que Deus
DOS fez por nós. Convidam-nos
SALMOS à oração, ao pensar
controladamente acerca da
Palavra de Deus.
Os Salmos não
garantem uma vida
precaução
agradável.