Вы находитесь на странице: 1из 31

Guia PMBOK

Conhecimento em Gerenciamento
de Projeto

Daniele Silva
Juliana Longo
Qualidade de Software
8º Sem. Ciência da Computação
Apresentação
» Introdução
» Relação com a disciplina Qualidade de Software
» Definição
» Responsável
» Histórico
» Objetivo
» Aplicabilidade
» Guia PMBOK
» Tendências Futuras
» Conclusão
Introdução
Gerenciamento de projetos acontece há anos:

Pirâmides de Gizé Grande Muralha da Taj Mahal


China
Introdução
O que esses projetos possuem em comum?

Líderes que aplicaram:


 práticas;
 princípios;
 processos;
 ferramentas; e
 técnicas de Gerenciamento de Projeto.
Introdução

Por volta do século XX: Consolidação do conhecimento em


Gerenciamento de Projeto pelos gerentes de projetos.
 Criação do PMBOK – Conhecimento em Gerenciamento
de Projetos
 Guia PMBOK – Guia do Conhecimento em Gerenciamento
de Projetos
Introdução
Relação com a disciplina Qualidade de Software

 O conceito de Gerenciamento de Projetos se faz importante devido a


proposta de atender objetivos, cumprir prazos e custos, e proporcionar
conhecimentos em diversas áreas para que se possa atingir um só objetivo.

 O Guia PMBOK se propõe a descrever boas práticas geralmente


reconhecidas e apropriadas para cada projeto, para que o gerente de
projetos, junto com a equipe do projeto e partes interessadas possam
determinar qual a combinação de processos, entradas, ferramentas,
técnicas, saídas e fases de ciclo de vida é a mais conveniente para gerenciar
um projeto.
Definição

Guia PMBOK -> Um guia que possui todo o conhecimento


relacionado a Gerenciamento de Projetos.
 Reflete as melhores práticas;
 Serve como base para que organizações criem suas próprias:

 metodologias;  procedimentos;  ferramentas;


não é uma

 políticas;  regras;  técnicas. metodologia


Responsável

PMI – Project Management Institute: Principal associação


profissional sem fins lucrativos na área de gerenciamento de projetos.
 Fundado em 1969 – EUA;
 Tem como propósito ser uma organização onde os gerentes de
projetos possam compartilhar informações e discutir problemas
comuns;
 Possui mais de 2,9 milhões de membros.
Responsável

PMI – Project Management Institute: Principal associação


profissional sem fins lucrativos na área de gerenciamento de projetos.
 Principais iniciativas:
 padrões reconhecidos globalmente;

 programa de certificação;

 extensos programas acadêmicos e de pesquisa de mercado;

 oportunidade de voluntariados; e

 desenvolvimento profissional.
Histórico
Guia PMBOK: Atualmente esta em sua 6ª edição, disponível originalmente em inglês e estendido a 11
idiomas.

 EUA – Publicado em setembro de 2017;

 BRA – Publicado em outubro de 2017;

 1983: publicação do relatório “Relatório final do comitê de ética, padrões e credenciamento;

 1987: publicação do “O conhecimento em gerenciamento de projetos”;

 1996: publicação do primeiro Guia PMBOK;

 1999: reconhecido pelo ANSI (Instituto Nacional de Padronização Norte-Americana) como uma
norma padrão;

 2007: reconhecido pelo IEEE (Instituto de engenheiros, eletricistas e eletrônico).


Histórico
Histórico

Maiores diferenças da 5ª para a 6ª edição:

 Incorporação de práticas ágeis;

 Três primeiros capítulos foram reescritos;

 Expansão nas estruturas organizacionais;

 Seções adicionadas em cada área de conhecimento;

 Alteração de nome em duas áreas de conhecimento;

 Surgimento de três novo processos;

 Exclusão de um processo.
Objetivo

Guia PMBOK possui como objetivo:


 Definir conceitos relacionados ao gerenciamento de projetos;
 Fornecer diretrizes;
 Descrever o ciclo de vida de um gerenciamento de projetos;
 Descrever os processos de um gerenciamento de projetos.
O PMI considera o Guia como embasamento teórico base para o
desenvolvimento profissional e certificações.
Aplicabilidade

Segundo o Guia PMBOK: os projetos são empreendidos em todos


os níveis organizacionais, desde microempresas a empresas de
grande porte.
Possui três extensões:
Guia PMBOK

Léxico: conjunto de palavras em um determinado contexto


 Escopo: soma dos produtos, serviços e resultados a serem fornecidos como um projeto.

 Escopo do projeto: o trabalho que deve ser realizado para entregar um produto com
características e funções específicas.

 Gerenciamento de projeto: a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e


técnicas às atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos.

 Processo: atividades sistemáticas direcionadas para alcançar um resultado final.

 Projeto: esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado


único.
Guia PMBOK

 Todo projeto possui um início e um fim definidos.


 Valor de negócio: dinheiro, tempo, reconhecimento, reputação...

Projeto: Pintar uma sala

Início: Hoje, depois da


aula da Elvira

Fim: Sala toda pintada

Valor Negócio: Dinheiro,


Reconhecimento
Guia PMBOK

Gerenciamento de Projetos eficaz:


 É realizada a aplicabilidade de conhecimentos, habilidades, ferramentas e
técnicas às atividades do projeto para cumprir seus requisitos;

 Satisfação das partes interessadas e aumento na chance de sucesso.

Gerenciamento de Projetos ineficaz ou inexistente:


 Risco de prazos perdidos;

 Estouros de orçamento;

 Má qualidade; Retrabalho.
Guia PMBOK

Componentes de um Projeto: elementos que são considerados peças-chave


em sua aplicabilidade.

1. Ciclo de Vida de um Projeto;

2. Fase de um Projeto;

3. Revisão de Fase;

4. Processos de Gerenciamento de Projeto;

5. Grupo de Processos de Gerenciamento de Projeto;

6. Área de Conhecimento em Gerenciamento de Projeto.


Guia PMBOK

1. Ciclo de Vida de um Projeto: série de fases pelas quais um projeto passa,


do início ao término;

2. Fase de um Projeto: conjunto de atividades do projeto relacionadas de


maneira lógica, concluindo em uma ou mais entregas. As fases de um projeto
constituem seu ciclo de vida. São elas:
• Início do projeto Decisão de pintar a sala

Preparação de materiais
• Organização e preparação Preparação da sala

• Execução do trabalho Pintura da sala

• Término do projeto Limpeza da sala


Guia PMBOK

3. Revisão de Fase: consiste em uma análise no final de uma fase para avaliar
se deve prosseguir para a fase seguinte, continuar com modificações ou
finalizar.

4. Processos de Gerenciamento de Projeto: série de atividades direcionadas


para alcançar um resultado final. O gerenciamento de um ciclo de vida de um
projeto é realizado através de execuções dessas atividades, que produzem
uma ou mais saídas de uma ou mais entradas.

• Existem um total de 49 processos apresentados na 6ª edição do Guia PMBOK


Guia PMBOK

5. Grupo de Processos de Gerenciamento de Projeto: agrupamento lógico de


entradas, ferramentas, técnicas e saídas de gerenciamento de projetos.

Os grupos de processos são:


 Iniciação; 2 processos

 Planejamento; 24 processos

 Execução; 10 processos
não são
 Monitoramento e Controle; e 12 processos fases do
projeto
 Encerramento. 1 processo
Guia PMBOK

6. Área de Conhecimento em Gerenciamento de Projeto: área definida por


seus requisitos de conhecimentos e descritas em termos dos processos que a
compõem: práticas, entradas, saídas, ferramentas e técnicas.

Na 6ª edição do Guia PMBOK, existem 10 áreas de conhecimento:


1. Gerenciamento da integração do projeto; 7. Gerenciamento das comunicações do projeto;

2. Gerenciamento do escopo do projeto; 8. Gerenciamento dos riscos do projeto;

3. Gerenciamento do cronograma do projeto; 9. Gerenciamento das aquisições do projeto;

4. Gerenciamento dos custos do projeto; 10. Gerenciamento das partes interessadas do

5. Gerenciamento da qualidade do projeto; projeto.

6. Gerenciamento dos recursos do projeto;


Guia PMBOK
Guia PMBOK
Estrutura Organizacional

 Um projeto estimula mudanças nas organizações – Gerenciamento de Mudanças nas


Organizações – Um Guia Prático.

 Gerenciar projetos é uma tarefa que possui variações de acordo com a estrutura organizacional
da empresa, pois é um fator ambiental que pode afetar a disponibilidade dos recursos e
influenciar a forma como os projetos são conduzidos.

 A 6ª edição do Guia PMBOK cita 10 estruturas organizacionais, onde o que difere entre elas
são as seguintes características:

 Organização dos grupos de trabalho;  Disponibilidade de recursos;

 Nível de autoridade do gerente de projeto;  Quem gerencia o orçamento do projeto;

 Papel do gerente do projeto  Pessoal administrativo de gerenciamento.


Guia PMBOK

Escopo do Projeto: para gerenciar o escopo do projeto, alguns processos se fazem


necessários para assegurar que somente o que é preciso seja incluído no projeto.
 Visa principalmente definir o que faz e o que não faz parte do projeto.

 Os processos de gerenciamento de escopo são:


 Planejar o gerenciamento do escopo;

 Coletar os requisitos;

 Definir o escopo;

 Criar a EAP;

 Validar o escopo;

 Controlar o escopo;
Guia PMBOK

Estrutura Analítica do Projeto – EAP: processo de separar as entregas e o


trabalho do projeto em componentes menores e mais facilmente gerenciáveis.

Em outras palavras, EAP é a separação hierárquica do escopo total do trabalho a


ser exercido pela equipe do projeto.
 A construção de uma EAP pode ser dar através da técnica de decomposição,
onde o escopo do projeto é dividido em partes menores;

 O nível hierárquico mais baixo dentro do escopo é chamado de pacote, contendo


o trabalho a ser executado. É nesse nível que o custo do trabalho e o tempo gasto
pode ser estimado.
Guia PMBOK

Estrutura Analítica do Projeto – EAP


 Pode ser representada de várias maneiras,
como por exemplo:

 Utilizando fases do ciclo de vida do


projeto em seu segundo nível de
decomposição, apresentando as
entregas dos produtos e do projeto no
terceiro nível.
Tendências Futuras

Guia PMBOK: a publicação do Guia ocorre a cada 4 ou 5 anos, onde


atualizações de rotinas são agregadas em suas versões para que o
conteúdo esteja sempre atual.
 Devido ao crescente uso de práticas ágeis, informações a
respeito desse conteúdo vem sendo incorporado ao Guia
Conclusão

 O gerenciamento de um projeto se mostra essencial para garantir seu sucesso,


quando aplicado de maneira consciente. Para essa aplicabilidade ser realizada da
melhor maneira, não deve-se realizar um gerenciamento arbitrário, mas sim voltá-lo
para as recomendações do PMI, onde são aplicados os conhecimentos, as
habilidades, ferramentas e técnicas.

 O sucesso de uma empresa está ligado a aplicabilidades dos projetos bem


sucedidos. Por esse motivo, gerenciar projetos envolve uma série de processos
delicados, necessitando que empresas tenham a consciência de que a adoção de
metodologias e uma equipe bem treinada faz a diferença quando o assunto é
gerenciamento de projetos.
Obrigada!