Вы находитесь на странице: 1из 27

RADIOLOGIA

DIGITAL

Italo D. Silva
98689811
O QUE É

 A radiologia digital é o ramo do diagnóstico


médico que emprega sistemas
computacionais nos diversos métodos para a
aquisição, transferência, armazenamento,
ou simplesmente tratamento das imagens
digitais adquiridas.
O QUE É

 A radiologia digital é o ramo do diagnóstico


médico que emprega sistemas
computacionais nos diversos métodos para a
aquisição, transferência, armazenamento,
ou simplesmente tratamento das imagens
digitais adquiridas.
 O Computador

 A CPU

 Memória RAM
O COMPUTADOR

 O computador usa o sistema binário de


informações como base numérica para
interpretação e execução das suas funções.

 A ordem de execução de uma tarefa a um


computador é dada através do “Byte “. O
byte, por sua vez, é a informação contida
num conjunto de 8 bits. Os computadores
podem receber ordem a partir de 8 bits (1
Byte), 16 bits (2 bytes) , 32 bits ( 4 bytes ) ou
mesmo 64 bits ( 8 bytes ).
A CPU

 A CPU é o principal processador das


informações. A velocidade com que uma CPU
trabalha os dados é fundamental,
particularmente na radiologia digital que lida
com imagens médicas, muitas vezes, de alta
resolução.
MEMÓRIA RAM

 A memória RAM contém os programas que


fazem o computador funcionar e só está
disponível quando o equipamento está
ligado. Os equipamentos de imagem
possuem computadores com memória RAM
entre 16 e 256 M-bytes.
SINAL ANALÓGICO X SINAL DIGITAL

 Os sinais analógicos são transmitidos de forma


contínua e periódica.

 Os sinais digitais são em valores absolutos, e podem


facilmente ser manipulados por computador. Neste
caso os valores são transformados em dígitos e
convertidos no sistema binário. Os sinais digitais
constituem o princípio da formação das imagens
digitais.
TEOREMA DA AMOSTRAGEM DE
NYQUIST

 AMOSTRAS: Processo de Conversão de Sinais

 O Teorema de Nyquist, também conhecido


como Teorema de Amostragem, define que
a quantidade mínima de amostras que
devem ser obtidas de um sinal contínuo a ser
amostrado, e devemos obter no mínimo duas
amostras do sinal por período.
CONVERSÃO DE SINAIS
CONVERSÃO DE SINAIS

 SAMPLER (AMOSTRADOR) – EXTRAIR E


COLETAR INFORMAÇÕES INDEFORMADAS

 QUANTIZER (QUANTIZADOR) – ATRIBUIÇÃO


DE VALORES DISCRETOS PARA SINAIS DE
AMPLITUDES VARIÁVEIS

 CODER (CODIFICADOR) – COMPRIMIR A


IMAGEM PARA MELHOR RESOLUÇÃO E
ARMAZENAMENTO
IMAGEM DIGITAL
 As imagens geradas nos equipamentos de
diagnóstico por imagem, podem ser reconstruídas
a partir da transformação de um número muito
grande de correntes elétricas em dígitos de
computador formando uma imagem digital.
 A imagem digital é apresentada em uma tela de
computador ou filme radiográfico na forma de
uma Matriz. Na intersecção das mesmas forma-se
o Pixel, para cada pixel será atribuído um tom de
cinza
 Ela será o resultado de uma grande quantidade
de pixels apresentando tonalidades diferentes de
cinza e formando no conjunto uma imagem
apreciável.
CARACTERÍSTICAS

 PIXEL

 MATRIZ

 VOXEL

 ADC

 DAC
O PIXEL

 Pixel é o menor elemento em um dispositivo


de exibição, ao qual é possível atribuir-se
uma cor. De uma forma mais simples, um
pixel é o menor ponto que forma uma
imagem digital, sendo que um conjunto de
pixels com várias cores formam a imagem
inteira
MATRIZ

 Conjunto de linhas e colunas formadas por


Pixeis
MATRIZ
VOXEL
 Em tomografia computadorizada e
ressonância magnética nuclear as imagens
representam as estruturas anatômicas em
“cortes” ou “fatias”. A espessura do corte
está relacionada com a profundidade da
imagem.

 O cubo de imagem formado pelo pixel mais a


espessura do corte que representa é
denominado VOXEL.
VOXEL
VOXEL
ADC
 Os métodos de diagnóstico que trabalham
com imagem digital, necessitam fazer uma
conversão da imagem analógica para o
sistema binário de informação (digital)

 O dispositivo responsável pela transformação


dos sinais da imagem em equivalente no
sistema binário é o ADC (Analog to Digital
Converter). Este dispositivo tem por
finalidade converter a voltagem
correspondente a um ponto em particular do
objeto em dígitos de computador.
DAC
 Nos sistemas digitais, os dados brutos
armazenados pelo computador, serão
processados pelo dispositivo DAC (Digital
Analog Converter), que se encarregará de
atribuir aos diferentes dígitos o
correspondente de uma escala de cinzas.

 Após o devido processamento esta imagem


estará disponível para ser apresentada na
forma de uma matriz de escala de cinzas, em
um terminal de vídeo, impressora, ou
mesmo, filme radiográfico.
SALA DE RADIOLOGIA DIGITAL
SALA DE RADIOLOGIA DIGITAL
 COLIMADOR

 TUBO DE RX

 ESTATIVA

 BUCKY MURAL E MESA DE EXAMES

 CENTRAL DE COMANDO

 CHASSIS
ATIVIDADE
 1) O que é a radiologia digital?
 2) Defina os principais sistemas encontrados
na área da Radiologia Digital e suas
principais particularidades.
 3) Diferencie os Sinais Digitais dos Sinais
Analógicos.
 4) Quais as etapas para conversão de sinais?

 5) Quais as vantagens de um Rx Digital


comparado a um Convencional?
 6) Defina Pixel, Voxel e Matriz.

 7) Diferencia DAC de ASD