Вы находитесь на странице: 1из 40

Universidade Nova Lisboa- Faculdade Ciências Médicas

Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental

Regente: Prof Doutor J.M. Caldas de Almeida

Perturbações Mentais Orgânicas/


Perturbações cognitivas

Ana Raquel Barbosa Dezem bro 2010


Turm a 6
Índice
 1 . Introdução
 1.1 -Definição
 1.2 - Funções cognitivas – abordagem sumária
 1.3 - Classificação

2. Demência
3. Delirium
4. Distúrbios mnésicos
5. Outros distúrbios cognitivos


Perturbações Mentais
Orgânicas

1.1 - Definição

am de disfunção cerebral causada por pat ologia orgânica quer int ra quer ext ra c

Afecção: Declinio cognitivo age-related:

- Funções Cognitivas
- Comportamentais
- Personalidade
- Emocionais
- Consciência
-
Orgânico ou Funcional?
 Pontos a favor de patologia orgânica:
◦ A deterioração cognitiva precede a desordem de
humor…
◦ Defeitos cognitivos específicos
◦ Sinais neurológicos

lm ent e pouco colaborant e na ent revist a enquant o o pacient e com dem ência é n
1.2 Funções cognitivas
1.3 - Distúrbio Mental Orgânico
Classificação
DSM-IV CID-10

Delirium, demência, perturbação mnésica e outros F00- F09 Distúrbios orgânicos, incluindo distúrbios
distúrbios cognitivos mentais sintomáticos

Demência F01 Demência por Doença de Alzheimer (início precoce ou


•De Alzheimer, de início precoce tardio)
•De Alzheimer, de início tardio F02 Demência vascular ( multi-infarte ou subcortical)
•Vascular F03 Demência em outras doenças
•Por Doença de Pick •Doença por HIV
•Por Doença de Parkinson •Doença de Parkinson
•Por Doença de Huntington •Doença de Huntington
•Por Doença de Creutzfeldt-Jakob •Doença de Pick
•Por Doença por HIV •Doença de Creutzfeldt-Jakob
•Por abuso de substâncias •
•Por traumatismo craniano F04 Síndrome amnésico orgânico, não induzido por álcool ou
•Por causas múltiplas outra substância psicoactiva
•Demência sem outra especificação
F05 Delirium, não induzido por álcool ou outras drogas
Delirium
•Delirium provocado por condição médica
geral
F06 Outros distúrbios mentais devidos a dano, disfunção
•Delirium induzido por substâncias
cerebral e a doença física
•Delirium por abstinência de substâncias
•Alucinose orgânica
•Delirium por etiologias múltiplas
•Distúrbio orgânico delusional (esquizofrenia-like)
•Distúrbios do humor (afectivos) orgânicos
Distúrbios mnésicos
•Distúrbios de ansiedade orgânicos
•provocados por condição médica geral

•persistentes, induzidos por substâncias
F 0 7Distúrbios de personalidade e comportamento devidos a
doença, dano e disfunção cerebral
Distúrbios cognitivos sem outra especificação
F 09 Perturbações mentais orgânicas e somáticas inespecificas
Demênci
a
Demência
 Perturbação Cognitiva Generalizada
 Deterioração generalizada das funções
cognitivas, da personalidade sem alteração
da consciência.
 Adquirida
 Maior parte dos casos irreversivel
 Não é problema exclusivo dos idosos
 Normalmente tem agravamento gradual
embora alterações nas circunstancias
sociais normais ou doenças intercorrentes
possam levar a uma deterioração aguda
normalmente os primeiros e mais proeminentes sintomas, bem como alterações cognitivas
Alterações de humor, comportamento, alucinações e delírio também

Defeito de memória + defeito de outras funções cognitivas


Causas Demência
Demências Demências secundárias
Primárias/Degenerativas
Doença de Alzheimer Demência Multi-Enfartes
Demência com Corpos de Lewis Traumatismos Cranianos
Doença de Parkinson Tumores Cerebrais
Doença de Huntington Infecções do SNC (Meningite,
Doença de Pick encefalite)
Anóxia: paragem cardíaca,
Doença de Creutzfeld - Jacob intoxicação
Défice por CO B12, ácido
Vitamínico:
Degenerescência lobar fronto- fólico,
Doenças tiamina
desmielinizantes
temporal
Degenerescência cortico-basal
?Factores de risco para
demência?
Aspectos Clínicos Gerais
Alterações comportamentais
•Comportamentos inapropriados, estranhos
•Perda da iniciativa e redução interesse
•Comportamentos agressivos e desinibição sexual
•Irrequietude, deambulação
•Auto-negligência
•Incontinência urinaria e fecal.

Alterações Humor

•Ansiedade
•Irritabilidade
•Depressão
•Alterações súbitas de humor
•“Apagamento” das emoções e resposta a eventos (tardiamente)
Demência
Diagnóstico
 História clínica detalhada (informação da
família e cuidadores)
 Exame físico e neurológico
 MMS
 Weschsler Adult Intelligence Scale (WAIS)
 Exames complementares diagnóstico:
 Hemograma, VS, Ureia e electrólitos
Urina II
TC – útil no diagnostico de patolocia cerebral
focal e difusa
Demência
Tratamento
 Objectivo:
◦ reduzir a incapacidade e manter as capacidades
restantes durante o mais tempo possivel;
◦ Aliviar os sintomas que causam angústia
◦ Dar apoio à familia
 Tentar que o doente seja cuidado na
comunidade (em casa ou em lares) em vez
de no hospital.
 Terapêutica Farmacológica:
Clorpromazina , tiorizadina
Antidepressivo

Demências - D. Alzheimer
Demência
Demência Multi-enfartes

Demência Vascular:
Vascular
-inicio de demência até 3 meses AVC conhecido
-Deterioração abrupta das funções cognitivas
-Progressão flutuante ou em degraus das funções cogni
ium
Delirium
 Disfunção cerebral aguda, generalizada,
desenvolvendo-se num período de horas,
transitória e normalmente reversível.
 Alteração da consciência é sintoma mais
importante.
 Alterações comportamentais, de percepção
e de pensamento também podem estar
presentes

dica !
M é
r g ê ncia
 Em e
Delirium
Epidemiologia
 Ocorre em qualquer idade
 14-56% doentes internados
 40% doentes UCI
 5-10% doentes pós-cirurgia; 40% pós-
cirurgia ortopédica
 Taxa de mortalidade de 10-26% nos doentes
admitidos com diangóstico de delirium.
Delirium
Fisipatologia
 Pouco conhecida

 Estudos neuropsicológicos e de neuroimagem mostram
disfunção em múltiplas áreas.

 Hipóteses actualmente consideradas:

1. Alteração da neurotransmissão com défice colinérgico
e/ou excesso dopaminérgico
2.
3. Inflamação por mediadores como IL1, IL2, IL6, TNF-α
ou IFN- γ com alteração da permeabilidade da BHE e
alteração da neurotransmissão
Delirium
Etiologia
Delirium
Clínica
 Existem dois padrões principais
apresentação

nsibilidade a est ím
Pacient
ulos com
e inact
grande
ivo eprobabilidade
let árgico sendo
demhaver
enos alucinações
provável delírios
e delirio
ea

Ex: int oxicação por Ex: encefalopat ia


anfet am inas, LSD, hepát ica e
privação alcoolica hipercapnia.
Delirium
Clinica
Alteração Pensamento
Perturbação Consciência
Alteração cognição

-Lentificado, incoerente, desagre


-Delirios

espácio-t em poral
Hiperactividade
Alt.
bação da memória, afectando a capacidade de registo humor e de
e retenção autonómi
Comportamento
novas aprend
e reconhecer individuos

espost as; incapacidade de focar, m ant er at enção


Alucinações
Aumento FC, ansioso,
PA, Tº ba
-Humor deprimido, irritável,
Ilusões
Delirium
Diagnóstico


Avaliação clínica
 História doença actual
 Doenças passadas
 Antecedentes pessoais (abuso alcool e
drogas, exposição a tóxicos)
 Exame físico e neurológico
 Exame do estado mental
 MMS

Delirium
Diagnóstico

Exames complementares


Imagem
 Laboratoriais
 - RX toráx
- ECG
 - Hemograma, - TAC
 - Glicémia, função hepática e - PL
renal, ionograma
 Urina tipo II

 - Doseamento de drogas –
opiáceos, cocaína, canabinóides e
anfetaminas

 - Gasimetria

 - VDRL, HIV

 - T3, TSH
 - Doseamento de Vit. B12 e
ácido fólico
Delirium
Tratamento

TRATAMENTO ETIOLÓGICO!
Delirium Tremens
 Emergência Médica!
 Forma grave de síndrome de abstinência
que ocorre quando há retirada de álcool
após vários anos de abuso.
 Apenas 5% dos Sindromes de Abstinência
alcoolica progridem para Delirium Tremens
 Taxas de mortalidade de 35% sem
tratamento e de 5% com tratamento
atempado
 Mais comum em caucasianos, sexo
masculino.

Delirium Tremens
 Fisiopatologia:
◦ alteração GABAérgicas e Glutamatérgicas, com
perda de controlo inibitório, e aumento da
actividade neurotransmissores excitatória.


Delirium tremens
Clinica
 Ocorre 3-10 dias após a última toma de álcool.
 Clinica:
 semelhante à encontrada no delirium
 Alteração consciência: obnubilação,
desorientação espacio-temporal;
 Amnésia anterógrada
 Ilusões e alucinações
 Agitação, Medo
Sintomas específicos:
 Tremor das mãos
 Disturbios autonómicos( sudaçao, taquicardia, PA
elevada, midriase)
 Insónia
 Pode haver febre
Desidratação e e disturbios hidroelectroliticos também
são comuns.
 Normalmente dura 3-4 dias, com sintomas
piores à noite.

Delirium Tremens
Diagnóstico
 História Clinica (incluindo MMS e exame
neurologico)
 Exames complementares diagnostico:
◦ Exames laboratoriais
 Niveis séricos etanol
Hemograma
Bioquimica sérica (Na+, K+, Cl-, ureia,
creatinina…)
Glicémia
Pesquisa drogas
◦ Exames de Imagem
RX Tórax
TC CE


Delirium Tremens
Tratamento
Demência vs Delirium
Sistematização

DEMÊNCIA DELIRIUM
Instalação Insidiosa Aguda
Curso Crónico Reversivel/Cura
Evolução Progressivo* Flutuante
Cognição Sempre Ligeiramente
Consciência comprometida
Normal/Mantida comprometida
Alterada
Pensamento Lento, empobrecido Desorganizado
Percepção Por vezes perturbada Frequentemente
Atenção Normal Diminuído
perturbada
Perturbação
Amnésica
Bibliografia
 GELDER, M, et all; Concise Oxford Textbook of
Psychiatry; Oxford Medical Publications; 1994;
USA
 Ferro, J., Pimentel,J.; Neurologia – principios,
diagnóstico e tratamento; LIDEL; 2006
 Fauman, M.A; et all; Guia de Estudo para o DSM-
IV; Climepso Editores, 2002
 Cordeiro, J.C.D; Manual de Psiquiatria Clínica;
Fundação Calouste Gulbenkian; 1994; Lisboa
FELIZ
NATAL !!!